Esportes

Róger Guedes e Willian desencantam e Corinthians ganha a 3ª seguida no Paulistão

Da Redação ·

O Corinthians continua com 100% de aproveitamento no comando do técnico interino Fernando Lázaro. Chegou à terceira vitória seguida ao vencer o São Bernardo por 3 a 0 nesta quarta-feira à noite, na Neo Química Arena. Com o triunfo, chegou a 13 pontos, na liderança tranquila do Grupo A do Campeonato Paulista. Róger Guedes, duas vezes, e Willian fizeram os gols.

continua após publicidade

Depois de um primeiro tempo em que não conseguiu articular jogadas, o Corinthians se acertou na etapa final, jogando com mais velocidade, e chegou tranquilamente à vitória.

O Corinthians encontrou no São Bernardo um time muito bem armado. Posicionado de maneira a encurtar os espaços do campo e marcando forte o jogador adversário que estava com a bola, o time do ABC não dava espaço para a construção de jogadas.

continua após publicidade

Com isso o Corinthians, cheio de gente habilidosa no meio de campo, tocava bastante a bola, mas não conseguia penetrar na defesa do rival. O São Bernardo, por sua vez, encontrava as mesmas dificuldades quando tentava ir à frente.

O Corinthians está ficando cada vez mais dependente das infiltrações de Paulinho. E foi o meio-campista o responsável pela primeira grande chance do time, aos 16 minutos. Du Queiroz cruzou da intermediária e Paulinho, penetrando na grande área, cabeceou para grande defesa de Júnior Oliveira.

Outra alternativa do Corinthians era a qualidade individual de seus jogadores. Assim, criou a segunda chance, aos 18. Willian fez boa jogada pela esquerda, se livrou do marcador e bateu forte, para outra boa defesa do goleiro do São Bernardo.

continua após publicidade

As jogadas pela esquerda com Willian, aliás, foram a melhor alternativa do Corinthians na primeira etapa - por várias vezes ele foi parado com falta -, mas seu esforço foi insuficiente para que o time chegasse ao gol.

O São Bernardo não incomodou na etapa. Sua grande chance, aos 33 minutos, foi em um chute de fora da área de Léo Gomes, que saiu à direita de Cássio, mas a jogada não foi construída pelo time. Nasceu em erro de Du Queiroz.

O segundo tempo começou tão morno como foi o primeiro. Mas aos 9 minutos, o talento corintiano prevaleceu, graças a dois jogadores que estiveram bastante apagados nos primeiros 45 minutos. Giuliano pegou uma bola no meio de campo e deu belo passe para Róger Guedes, que com campo para penetrar ganhou dos zagueiros na corrida, entrou na área e encobriu Júnior Oliveira com um toque sutil.

continua após publicidade

A partir daí, o Corinthians ficou mais solto.Quase fez o segundo aos 15 em cobrança de falta da esquerda de Willian - o goleiro conseguiu espalmar -, mas na sequência liquidou o jogo. Róger Guedes fez o segundo, após receber de Renato Augusto e bater na saída do goleiro, aos 23, e Willian, de pênalti, marcou o terceiro, aos 27. Foi o primeiro gol do meia em sua volta ao Corinthians.

Vitória garantida, Fernando Lázaro passou a poupar jogadores. Fez as cinco substituições, deu descanso a peças importantes como Fagner, Willian e Giuliano, talvez já pensando no jogo de sábado contra o Botafogo, em Ribeirão Preto. Depois do 3 a 0, o Corinthians poderia até ter aumentado o placar. Mas o importante é que o dever já estava cumprido.

continua após publicidade

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 3 X 0 SÃO BERNARDO

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (João Pedro), João Victor, Gil e Fábio Santos; Du Queiroz (Cantillo), Paulinho, Renato Augusto, Giuliano (Luan) e Willian (Mantuan); Róger Guedes (Jô). Técnico: Fernando Lazaro (interino).

continua após publicidade

SÃO BERNARDO: Júnior Oliveira; Joilson (Romisson), Matheus Salustiano e Ligger; Cristóvan, Léo Gomes, Vitinho Mesquita (Ravanelli) e Igor Fernandes; Silvinho, Paulo Moccelin e João Carlos (Gustavo Ramos). Técnico: Márcio Zainardi.

GOLS: Róger Guedes, aos 9 e aos 23, e Willian (pênalti), aos 27 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO: Thiago Lourenço de Mattos.

CARTÕES AMARELOS: Paulinho Moccelin, Matheus Salustiano, Fábio Santos e Cristóvan.

PÚBLICO: 21.145 presentes.

RENDA: R$ 1.048.278,00.

LOCAL: Neo Química Arena.