Esportes

Ricardo Goulart marca pela primeira vez e Santos derrota Ituano na Vila Belmiro

Da Redação ·

Após dois empates seguidos, o Santos voltou a vencer no Campeonato Paulista na tarde deste domingo, com triunfo sobre o Ituano, por 2 a 1, na Vila Belmiro, pela sexta rodada. O camisa 10 Ricardo Goulart marcou seu primeiro gol com a camisa alvinegra. De volta ao Brasil após passagem pelo futebol chinês, o meia não teve atuação destacada, mas tirou um peso das costas ao definir a vitória santista.

continua após publicidade

Com o resultado, o Santos chegou aos nove pontos, afunilando a briga pela classificação do embolado Grupo D, que conta ainda com Red Bull Bragantino, Ponte Preta e Santo André. Já o Ituano perdeu a oportunidade de assumir a primeira posição do Grupo C e ficou em terceiro com oito, atrás de Palmeiras (10) e Mirassol (9).

Apesar de indicar uma mudança no esquema tático, Fábio Carille confirmou o Santos no 4-3-3. As novidades ficaram por conta de Lucas Pires, Vinícius Balieiro e Marcos Guilherme, que entraram nas vagas de Felipe Jonatan, Camacho e Ângelo, respectivamente.

continua após publicidade

Em campo, o Santos não demorou para envolver o Ituano. Ricardo Goulart claramente foi tentando organizar a equipe, gesticulando muito. As orientações do camisa 10 deram certo. Aos 18 minutos, Zanocelo deu belo passe para Madson, que foi até a linha de fundo e cruzou. Marcos Guilherme apareceu para mandar no fundo das redes.

O gol fez o Santos se acomodar. O time começou a assistir o Ituano, que perdeu duas oportunidades de empatar com Neto Berola. Chamou atenção o primeiro tempo ruim de Ricardo Goulart. Apesar de argumentar muito, o meia não teve grande atuação até o intervalo.

Com a queda de produção, a mesma mostrada diante do São Bernardo, o Santos se fechou e se preocupou em segurar o resultado. Como o Ituano não teve grande atuação, o clube alvinegro conseguiu deixar a etapa inicial com 1 a 0 no placar.

continua após publicidade

O Ituano voltou para o segundo tempo apertando o Santos e empatou em uma falha generalizada da defesa alvinegra. Após um erro na saída de bola, Gerson Magrão arriscou de longe, João Paulo rebateu nos pés de Kaio, que só completou para fazer 1 a 1. A resposta foi imediata com Marcos Guilherme, mas o árbitro anulou o lance.

O Santos foi crescendo e chegou ao segundo com Ricardo Goulart, que não vinha tendo boa atuação. O meia recebeu belo cruzamento de Lucas Pires e, de cabeça, marcou o seu primeiro com a camisa alvinegra, tirando um peso das costas e aliviando a pressão em cima de Fábio Carille. O gol saiu bem quando os torcedores começavam a criticar o treinador.

As críticas se transformaram em aplausos. A mesma torcida que pedia a saída de Goulart, aplaudiu o jogador quando Léo Baptistão entrou em seu lugar. Novamente à frente, o Santos conseguiu segurar a forte pressão do Ituano, que foi para cima com as mexidas de Mazola Júnior, para voltar a vencer no Paulistão, pore´m, sem sucesso.

continua após publicidade

Na próxima rodada, o Ituano enfrenta o Guarani na quarta-feira, às 19h, no estádio Novelli Júnior, em Itu. O Santos entra em campo na quinta-feira, às 19h, no José Maria de Campos Maia, em Mirassol.

FICHA TÉCNICA

continua após publicidade

SANTOS 2 X 1 ITUANO

SANTOS - João Paulo; Madson, Kaiky, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Vinícius Baliero, Vinícius Zanocelo (Sandry) e Ricardo Goulart (Léo Baptistão); Marcos Guilherme (Tailson), Lucas Braga (Lucas Barbosa) e Marcos Leonardo (Gabriel Pirani). Técnico: Fábio Carille.

ITUANO - Pegorari; Córdoba, Rafael Pereira, Léo Santos e Roberto; Jiménez (Igor Henrique), Kaio (Gabriel Barros), Lucas Siqueira e Gerson Magrão (Lucas Nathan); Neto Berola (João Victor) e Rafael Papagaio (Aylon). Técnico: Mazola Júnior.

continua após publicidade

GOLS - Marcos Guilherme, aos 18 minutos do primeiro tempo; Kaio, aos 7, e Ricardo Goulart, aos 24 do segundo.

ÁRBITRO - Vinicius Gonçalves Dias Araújo.

CARTÕES AMARELOS - Lucas Barbosa, Sandry e Vinícius Zanocelo (Santos); Igor Henrique e Kaio (Ituano).

RENDA - R$ 184.877,50.

PÚBLICO - 7.782 torcedores.

LOCAL - Vila Belmiro, em Santos (SP).