Renault quer que Racing Point perca todos os pontos por uso de freios irregulares - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Esportes

Renault quer que Racing Point perca todos os pontos por uso de freios irregulares

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

A Renault quer que a Racing Point perca todos os pontos conquistados nas cinco corridas da temporada de 2020 da Fórmula 1 em que protestou contra a utilização irregular dos dutos de freios copiados do carro da Mercedes. A escuderia britânica já havia sido punida pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA, na sigla em francês) com a perda de 15 pontos no Mundial de Construtores e com o recebimento de uma multa avaliada em 400 mil euros (R$ 2,5 milhões na cotação atual).

A argumentação de Cyril Abiteboul, chefe da Renault, para que a Racing Point tenha uma punição mais severa é baseada em uma penalidade que a própria escuderia recebeu em 2019. Na ocasião, durante o GP do Japão, em Suzuka, os franceses foram investigados pela utilização de um sistema de ajuste automático da frenagem e a equipe foi desqualificada da etapa.

"Estávamos esperando uma sanção consistente com outras que vimos no passado, sendo a mais recente uma que nós aceitamos no ano passado depois de Suzuka. Fomos pegos na brecha do regulamento esportivo e não o técnico, excluídos daquele evento e, posteriormente, perdemos todos os nossos pontos. Não houve um desconto para Renault, então eu não entendo por que deveria haver um desconto para a Racing Point. Deveriam perder todos os pontos de cada etapa em que protestamos", criticou o dirigente.

Abiteboul ainda questionou os motivos pelos quais a FIA deu o aval para que a Racing Point continue fazendo a utilização de uma peça irregular durante a temporada. "Não estou necessariamente dizendo que eles deveriam ser excluídos dessa temporada, mas de um ponto de vista comunicacional, aos fãs e ao público, explicar porque um carro que, de alguma forma está irregular, vai receber uma punição, mas continuará sendo parte do campeonato e estará elegível a pontuar. Nós pensamos que é um pouco esquisito", disse.

Otmar Szafnauer, chefe da Racing Point, por sua vez, confia que a equipe conseguirá reverter a situação no Tribunal de Apelação da FIA. Ele defende que projetou os dutos baseando-se em uma fotografia. "Apelamos da decisão com base no que os fiscais escreveram, e os resultados são claros: não fizemos nada errado ou desonesto. Fomos transparentes com a FIA ao longo do processo. Eles concluíram que a norma, principalmente com a mudança dos dutos para partes listadas, era ambígua. Por causa disso, acreditamos que a punição por uma regra ambígua é um pouco dura", comentou.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Renault quer que Racing Point perca todos os pontos por uso de freios irregulares"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.