Esportes

Red Bull Bragantino derrota time alternativo do Coritiba e se aproxima do G-4

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O Red Bull Bragantino não tomou conhecimento do time alternativo do Coritiba e venceu por 4 a 2 na noite desta quarta-feira, no estádio Nabi Abi Chedid, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. De quebra, o time paulista se aproximou do G-4.

continua após publicidade

Com a vitória, o Red Bull Bragantino chegou aos 17 pontos, cada vez mais perto da zona de Libertadores. O Coritiba, por outro lado, conheceu o seu quarto tropeço consecutivo e ficou com 15, ainda distante da zona de rebaixamento.

O domínio do Red Bull Bragantino foi gritante no primeiro tempo e tudo começou por conta de uma falha do goleiro Alex Muralha. Em cobrança de falta de Hyoran, logo aos seis minutos, o arqueiro espalmou a bola, mas acabou a deixando entrar. O lance quebrou o esquema do técnico Gustavo Morínigo, que optou por poupar muitos de seus titulares. No entanto, o time ficou perdido em campo.

continua após publicidade

Quem não tinha nada com isso era o Red Bull Bragantino, que aproveitou o talento individual de seus jogadores para definir o jogo já no primeiro tempo. Aos 33 minutos, Hyoran avançou pelo meio e deixou com Artur. O atacante cortou para a esquerda e arriscou. A bola desviou em Guillermo e acabou no fundo das redes.

Com o Coritiba sem esboçar reação, o Red Bull Bragantino foi para cima e ampliou. Aos 35 minutos, Hyoran tabelou com Sorriso e, dentro da área, deslocou Alex Muralha para fazer o terceiro. A resposta do time paranaense foi apenas no fim com Clayton, que mandou para fora.

No segundo tempo, Morínigo colocou em campo alguns de seus jogadores considerados titulares, conseguiu ser superior nos primeiros minutos e diminuiu, aos cinco, com Igor Paixão. O atacante recebeu de Natanael e colocou fogo na partida. Mas, logo na sequência, o Coritiba perdeu Robinho, lesionado.

continua após publicidade

Apesar de ficar sem o seu meia, o Coritiba continuou melhor e chegou a colocar uma bola no travessão com Clayton, mas o time paulista também voltou a pressionar, obrigando Alex Muralha a fazer importantes defesas nos arremates de Jan Hurtado e Hyoran, outro que deixou em campo sentindo uma lesão.

Sem Maurício Barbieri, suspenso, coube a Maldonado, ex-volante de Cruzeiro, Santos e muitos outros, assumir a função de treinador e rodar o elenco, aproveitando o placar elástico, que ficou ainda mais favorável ao Bragantino aos 29 minutos. Após cobrança de falta de Artur, Natan, de cabeça, fez 4 a 1.

O Coritiba não desistiu e continuou lutando até o último minuto. Adrían Martinez, aos 46 minutos, aproveitou um erro do goleiro Cleiton para colocar de cobertura no gol, porém, não impediu a derrota do time paranaense.

continua após publicidade

Na próxima rodada, o Red Bull Bragantino enfrenta o Santos no sábado, às 21h, na Vila Belmiro, em Santos (SP). No domingo, às 16h, o Coritiba faz o clássico com o Athletico, no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

FICHA TÉCNICA

continua após publicidade

RED BULL BRAGANTINO 4 X 2 CORITIBA

RED BULL BRAGANTINO - Cleiton; Andrés Hurtado, Léo Ortiz, Natan e Luan Cândido; Raul (Jadsom Silva), Lucas Evangelista e Hyoran (Eric Ramires); Artur (Praxedes), Ytalo (Jan Hurtado) e Sorriso (Bruno Tubarão). Técnico: Maldonado (auxiliar)

CORITIBA - Alex Muralha; Natanael, Guillermo, Luciano Castán e Diego; Bernardo (Adrián Martínez), Galarza e Régis (Robinho/Biel); Neilton (Igor Paixão), Fabrício (Alef Manga) e Clayton. Técnico: Gustavo Morínigo.

continua após publicidade

GOLS - Hyoran, aos seis, aos 35 e Artur, aos 33 minutos do primeiro tempo. Igor Paixão, aos cinco, Natan aos 29, e Adriían Martínez, aos 46 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (CE)

CARTÕES AMARELOS - Jadsom Silva e Léo Ortiz (Red Bull Bragantino); Galarza (Coritiba).

RENDA - R$ 31.215,00.

PÚBLICO - 2.352 torcedores.

LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).