Esportes

Real Madrid leva 2 a 0 do Sevilla, mas busca virada e se aproxima do título

Da Redação ·

Com um show dos brasileiros Vinicius Junior e Rodrygo, o Real Madrid esbanjou poder de superação neste domingo e conquistou grande vitória sobre o Sevilla, por 3 a 2, no estádio Ramón Sánchez Pizjuán, pelo Campeonato Espanhol. Com atuação abaixo do esperado, o time visitante saiu perdendo por 2 a 0, mas reagiu no segundo tempo e virou o placar aos 46 minutos do segundo tempo.

continua após publicidade

Os atacantes brasileiros foram decisivos no duelo. Rodrygo, ex-Santos, fez um dos gols e deu a assistência fundamental para Benzema anotar o terceiro gol. Vinicius Junior participou da principais jogadas da equipe e até balançou as redes, mas a arbitragem anulou o lance duvidoso. Já o zagueiro Éder Militão escapou de ser o grande vilão da partida. Foram em duas falhas suas que o Sevilla marcou seus gols.

O resultado deixou o Real ainda mais perto do título do Campeonato Espanhol. O time abriu 15 pontos de vantagem sobre os rivais Barcelona e Sevilla, segundo e terceiro colocados da tabela, respectivamente. Ambos somam 60 pontos, mas o time catalão tem dois jogos a menos que os dois adversários.

continua após publicidade

Vestido de azul, o Real Madrid começou a partida mais lento que o rival. A primeira boa chance veio com Martial, aos 8, em finalização da entrada da área. Envolvendo dos visitantes, o Sevilla permanecia no ataque e, aos 20, aproveitou a bola parada para abrir o placar.

Rakitic cobrou falta no meio da barreira, mas Éder Militão abriu espaço e a bola passou direto, surpreendendo o goleiro Courtois. Após o lance, o zagueiro brasileiro e o volante croata Modric discutiram em campo sobre a falha na barreira.

Apenas quatro minutos depois, o Sevilla aumentou a vantagem. Em rápida jogada pela esquerda, Jesus Corona entrou na área e passou por Militão antes de ser barrado por Courtois. A bola sobrou para Lamela só completar para as redes.

continua após publicidade

O atropelamento dos anfitriões só parou no início do segundo tempo, quando o Real "acordou" no confronto. Logo aos 4 minutos, uma jogada brasileira deu o primeiro gol ao poderoso time da capital. Vinicius Junior começou jogada que culminou em finalização certeira de Rodrygo quase da marca do pênalti - o brasileiro tinha acabado de entrar no jogo.

Inspirado, Vinicius quase anotou o segundo dos visitantes, aos 27. Após cruzamento de Lucas Vázquez, o atacante brasileiro dominou no peito e encheu o pé dentro da área. A bola estufou as redes, mas o árbitro anulou o lance por suposto toque no braço do brasileiro. Ele manteve a decisão polêmica mesmo após consultar o VAR, diante da insatisfação dos jogadores do Real.

De tanto pressionar, o time de Madri enfim chegou ao empate aos 37. Carvajal escapou pela direita e cruzou para trás para Nacho finalizar rasteiro para o gol. Foi o primeiro toque na bola do jogador na partida. Um minuto depois, Benzema mandou rente ao pé da trave esquerda do goleiro Yassine Bounou.

continua após publicidade

Diante de um Sevilla abatido e perdido em campo, o Real elevou o ritmo ainda mais e o jogo esquentou de vez, com faltas mais duras, bons lances ofensivos e confronto aberto. A torcida do Sevilla, que lotava as arquibancadas, tentava tornar o estádio um caldeirão.

Os visitantes, contudo, seguiam melhor. E o golpe definitivo veio aos 46 minutos do segundo tempo. Após jogada de Rodrygo, Benzema finalizou rasteiro da entrada da área, mando para as redes e decretou a virada dos visitantes, diante da festa do banco de reservas do Real.