Esportes

Rafaela Silva perde para japonesa por falta de combatividade e é prata na Hungria

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Rafaela Silva conquistou a medalha de prata no Grand Slam de Budapeste, na Hungria, nesta sexta-feira. A brasileira fez bela competição, mas acabou superada na final pela japonesa Haruka Funakubo por falta de combatividade - foi punida com três shidôs - pela categoria até 57kg.

continua após publicidade

A brasileira começou a decisão melhor e buscando a pegada no ombro e nas costas da japonesa. Com mais intensidade, forçou um shidô para a japonesa por falta de combatividade. A penalidade parece ter mexido com a oponente.

Funakubo começou a se movimenta mais no dojô e fez a brasileira também ser punida. Depois de um começo melhor, Rafaela Silva viu a japonesa se soltar nos dois minutos finais e já não disputava mais a final. Apenas tentando evitar as entradas da rival, acabou perdendo a decisão com sete segundos para o fim do tempo regulamentar após sofrer duas novas punições.

continua após publicidade

Apesar da derrota, Rafaela Silva soma 700 pontos na busca por melhores posições no ranking até os 57kg de olho nos Jogos Olímpicos de Paris -2024. Ela já havia conquistado o Grand Slam de Portugal neste ano e somou sua 15ª medalha na história da competição.

Antes da decisão, a brasileira passou por grandes judocas. Ganhou da checa Vera Zamova e da croata Marica Perusic, 22ª e 18ª do ranking, respectivamente. Nas quartas, bateu a britânica Lele Nairne, até reencontrar a cubana Odelon Garcia nas semifinais. Terceiro encontro entre ambas e 100% de vitórias da brasileira.