Esportes

Raducanu abandona o esperado duelo de campeãs do US Open contra Andreescu em Roma

Da Redação ·

O sorteio da chave de simples do WTA 1000 de Roma colocou frente a frente, logo na primeira rodada, um embate entre as talentosas jovens Emma Raducanu, de 19 anos, e Bianca Andreescu, de 21. Campeãs do US Open em 2019 e 2021, respectivamente, as tenistas prometiam um grande confronto. Mas a britânica sentiu dores nas costas e acabou abandonando a partida após 65 minutos, quando perdia da canadense por 6/2 e 2/1.

continua após publicidade

"Não consigo me mexer", reclamou Raducanu à fisioterapeuta que a atendeu na quadra pouco antes do abandono. Ela já vinha tratando o problema na lombar e agora vai se dedicar à recuperação para estar inteira em Roland Garros.

"Ainda estou aprendendo quando é certo confiar no meu corpo. Acho que isso é algo que estou aprendendo nesses torneios. A diferença é que provavelmente estou fazendo isso em torneios maiores", afirmou Raducanu. "Acho que as últimas semanas foram muito positivas. Aprendi muito sobre mim mesmo e meu jogo definitivamente melhorou nesta superfície", enfatizou, comemorando seu crescimento no saibro.

continua após publicidade

Não escondeu, porém, que também precisa focar em sua parte física. "Preciso ter certeza que minhas costas estão totalmente curadas, não importa quanto tempo isso leve. Eu preciso apenas continuar, não quero jogar minha próxima partida com um sentimento de limitação porque acho que aprendi minha lição nesta semana, quando forçar e quando não forçar. Provavelmente hoje não foi certo."

Foi a oitava vez na carreira que Raducanu precisou abandonar um jogo por lesão. Enquanto ela foca agora em Roland Garros, Andreescu tenta resgatar o ritmo perdido após seis meses parada também por lesão. De volta ao circuito somente no mês passado, a canadense fará seu sétimo jogo em 2022 contra a espanhola Nuria Parrizas Diaz, que também venceu após abandono, nesta quarta-feira. Diaz passou pela compatriota Sara Sorribes Tormo, que vencia por 6/1 e 4/3 quando se retirou.

SEM SUSTOS

continua após publicidade

Campeã do WTA 1000 de Madri no domingo, a tunisiana Ons Jabeur continua sua trilha de vitórias. Nesta terça-feira, ela somou o sétimo triunfo seguido ao superar a romena Sorana Cirstea por 6/0 e 7/6 (7/1). Agora ela desafia a australiana Ajla Tomljanovic.

Em outros jogos em Roma, Elena Rybakina fez 6/4 e 7/6 (7/0) em Elina Avanesyan, Shelby Rogers perdeu de Elena Gabriela Ruse, por 6/3, 1/6 e 4/6, Camila Osorio pasou por Lucia Bronzetti com 7/6 (&/4) e 6/3) e Ekaterina Alexandrova arrasou com Sloane Stephens, com 6/1 e 6/2.