Esportes

Putin perde título de presidente honorário da Federação Internacional de Judô

Da Redação ·

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, teve o título de presidente honorário da Federação Internacional de Judô revogado neste domingo, conforme anunciado em comunicado oficial emitido pela organização. O motivo da decisão é a invasão à Ucrânia iniciada pelo russo na última quinta-feira, em razão da aproximação do país vizinho com a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte).

continua após publicidade

"Diante do conflito de guerra em curso na Ucrânia, a Federação Internacional de Judô anuncia a suspensão dos títulos de Presidente Honorário e Embaixador da Federação Internacional de Judô concedidos ao Senhor Vladimir Putin", diz a breve nota divulgada pela entidade.

Putin é graduado no oitavo dan do judô, grau que dá ao judoca faixa preta o direito de usar a chamada faixa coral, composta pelas cores vermelha e branca. Ele foi alçado de nível em 2012, pela própria FIJ, em seu aniversário de 60 anos. O oitavo dan é um dos mais altos do judô, atrás apenas do nono e do décimo.

continua após publicidade

A relação do presidente russo com a arte marcial é bastante forte, tanto que em 2008 ele lançou um DVD, intitulado "Aprenda Judô com Vladimir Putin". Além disso, é coautor de um livro sobre a história, a teoria e a prática do esporte.

Causa de destruição e mortes na Ucrânia, a invasão russa tem causado alguns impactos no cenário esportivo. A Polônia, por exemplo, disse que se recusa a disputar seu jogo contra a Rússia, marcado para março, pelas Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de futebol. A Suécia, que pode pegar os russos na fase seguinte, fez o mesmo.

Também foram registradas manifestações de esportistas contra a guerra. Nesta semana, o tenista russo Andrey Rublev escreveu a mensagem "Sem guerra, por favor" em uma das câmeras de transmissão, após vencer Hubert Hurkacz nas semifinais do ATP de Abu Dabi, torneio do qual foi campeão no sábado.