Mais lidas

    Esportes

    Esportes

    Presidente do Guarani é contra a paralisação: 'Futebol deixa as pessoas em casa'

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 11.03.2021, 19:08:00 Editado em 11.03.2021, 19:16:05
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O presidente do Guarani, Ricardo Miguel Moisés, se pronunciou nesta quinta-feira sobre a possibilidade de paralisação do Campeonato Paulista a partir da próxima segunda-feira por determinação do governo de São Paulo.

    O governo estadual anunciou estão suspensas atividades esportivas coletivas por causa da pandemia entre os dias 15 e 30 de março. Os clubes e a FPF querem dar sequência ao campeonato, mesmo que isso signifique disputar os compromissos fora de São Paulo.

    "Hoje teve reunião dos 16 clubes da Série A1. Houve um bate papo entre os presidentes e todos defenderam a continuidade do futebol por acreditarem que é um ambiente seguro", disse o mandatário.

    Contra a paralisação do futebol, Ricardo Miguel Moisés adotou discurso parecido ao da CBF, falando que o esporte ajuda a manter as pessoas em casa. "O futebol não contribui para o aumento do número de casos. Muito pelo contrário. O futebol deixa as pessoas em casa, pois elas vão ter um entretenimento para acompanhar", afirmou Moisés.

    Na vice-liderança do Grupo D do Paulistão, com quatro pontos, o Guarani entra em campo neste sábado, contra o São Bento, às 16h30, no Brinco de Ouro da Princesa, pela quarta rodada.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Esportes

    Deixe seu comentário sobre: "Presidente do Guarani é contra a paralisação: 'Futebol deixa as pessoas em casa'"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.