Esportes

Presidente do Grêmio aponta continuidade no projeto para novo contrato com Renato

Da Redação ·

O presidente Romildo Bolzan Jr. apontou a continuidade do projeto para justificar a reforma do contrato de Renato Gaúcho às vésperas da decisão da Copa do Brasil, diante do Palmeiras, domingo, no Allianz Parque. O dirigente e o treinador estão em Atibaia, juntamente com todo o elenco concentrado para a final, e falaram, nesta sexta-feira com os canais oficiais do clube.

continua após publicidade

"Essa renovação se dá antes da final da Copa do Brasil exatamente porque acreditamos no projeto que tem que se reciclar, se renovar, e que vai ser renovado. E que vai cada vez ser melhorado, cada vez mais será reforçado. Temos a expectativa de logo em seguida começar outros campeonatos, o ano segue e continuidade do projeto cada vez mais consistente é fundamental", afirmou Romildo.

No clube desde setembro de 2016, Renato agradeceu mais esta oportunidade. "Agradeço ao senhor (presidente), à diretoria do Grêmio, e em especial à nossa torcida. Vamos dar sequência nos nossos projetos que são fundamentais nesse grande clube e, acima de tudo, trabalhar bastante com os guris. Se Deus quiser, quem sabe a gente possa aproveitar mais alguns esse ano, é fundamental o trabalho que a gente tem feito com a base, e buscar mais títulos, que é o nosso objetivo."

continua após publicidade

O Atlético-MG teve interesse pela contratação de Renato e chegou a negociar com o treinador para a vaga deixada pelo argentino Jorge Sampaoli. Como o acerto não aconteceu, o time mineiro foi atrás de Cuca, ex-Santos.

Além de ser um dos maiores ídolos da história do Grêmio, autor dos dois gols na final do Mundial de Clubes, em 1983, diante do Hamburgo, da Alemanha, Renato também é o treinador que mais dirigiu o tricolor gaúcho. Ele soma 407 jogos na direção do time e vários títulos importantes pelo clube.

Foi campeão da Copa Libertadores 2017, da Recopa Sul-Americana 2018, da Copa do Brasil 2016, além de três campeonatos estaduais e uma Recopa Gaúcha.

continua após publicidade

Com o novo trabalho, Renato, de 58 anos, espera obter o título que falta em sua coleção, que é do Campeonato Brasileiro, competição que a equipe gremista não conquista há 25 anos.

Além da disputa do Brasileirão, Renato vai liderar o Grêmio na sexta participação consecutiva na Libertadores, Campeonato Gaúcho e Copa do Brasil.