Esportes

Prêmio Bola de Ouro é cancelado pela primeira vez desde 1956

Prêmio Bola de Ouro é cancelado pela primeira vez desde 1956

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Prêmio Bola de Ouro é cancelado pela primeira vez desde 1956
fonte: Arnd Wiegmann
Prêmio Bola de Ouro é cancelado pela primeira vez desde 1956

A revista francesa France Football anunciou nesta segunda-feira (20) que neste ano não haverá a tradicional premiação Bola de Ouro concedida aos melhores jogadores; Em comunicado oficial, os organizadores do evento atribuíram o cancelamento - o primeiro desde 1956, quando a honraria foi criada - ao impacto da pandemia do novo coronavírus (covid-19) nas competições esportivas em todo o mundo. O premio

continua após publicidade

“Como a justiça que prevalece para esse título honorário não pôde ser preservada, principalmente no nível estatístico e também na preparação, uma vez que todos os aspirantes ao prêmio não puderam ser alojados no mesmo barco, alguns tendo visto sua temporada interromper radicalmente outros não. Então, como você compara o incomparável? (...) Como apenas dois meses (janeiro e fevereiro), dos onze geralmente necessários para formar uma opinião e decidir entre os melhores, é muito pouco para avaliar e julgar, uma vez que os outros jogos foram - ou ocorrerão - em outras condições e formatos (portões fechados, cinco substituições, quartas de final da Liga dos Campeões em uma única partida) muito longe do panorama usual”, esclarece a nota da revista France Football.

Contudo, a France Football informou que realizará uma votação para eleger a seleção dos 11 atletas que se destacaram em cada posição, incluindo a revelação do ano. O pleito contará com a participação de envolvendo 180 jurados.

continua após publicidade

Em 2019, o argentino Lionel Messi ganhou pela sexta vez o prêmio de Bola de Ouro. Já a norte-americana Rapinoe conquistou o título individual na categoria feminina. O Troféu Yashin, destinado ao melhor goleiro, foi entregue ao brasileiro Alisson, do Liverpool. O zagueiro holandês Matthijs De Ligt, atualmente na Juventus  Itália), foi homenageado com o Troféu Kopa, que reconhece o melhor sub-21.