Esportes

'Precisamos fazer o jogo de nossas vidas', diz Neymar

Da Redação ·

Após ser coadjuvante no jogo de ida entre Paris Saint-Germain e Real Madrid, Neymar avisou nesta terça-feira que está pronto para ser protagonista no estádio Santiago Bernabéu, na capital espanhola. O atacante brasileiro afirmou que ele e seus companheiros vão precisar fazer o jogo "das nossas vidas" para avançar às quartas de final da Liga dos Campeões.

continua após publicidade

"Partidas como essa são para jogadores que não têm medo. É um jogo para curtir durante todo o momento, são momentos não vão acontecer de novo. Por isso me preparei, principalmente no lado mental, para estar com meus companheiros e ajudar o time. Estou muito feliz e amanhã farei tudo pelo meu time, com meus companheiros. Precisamos ter uma mentalidade muito forte e fazer o jogo de nossas vidas", disse o brasileiro.

O PSG vai entrar em campo em vantagem porque venceu o jogo de ida por 1 a 0, no mês passado, em Paris. Na ocasião, o Real surpreendeu ao fazer apresentação apática, abaixo do vinha fazendo na temporada. A situação deve mudar em Madri nesta quarta, de acordo com Neymar.

continua após publicidade

"Sempre vai ser 50% de chance para cada lado. Nunca haverá um favorito porque tem jogadores bons dos dois lados. Nós temos uma vantagem, mas não podemos ficar pensando nisso. Teremos que fazer mais coisas e jogar melhor do que jogamos em Paris", comentou o atacante.

Neymar também comentou sobre sua lesão no tornozelo, que o deixou fora dos gramados nos últimos meses. No jogo de ida contra o Real, ele entrou somente no segundo tempo. "Foi uma lesão grande, mas estou bem, física e mentalmente. Estou recuperado 100%. Sabemos que será um grande jogo e temos todos que estar preparados."

"Ficar fora de jogos grandes é uma pena. Mas, graças a Deus, estou bem, de volta ao meu time. Como disse antes, estamos preparados para jogar esta partida. Sabemos que vamos enfrentar um time muito bom, com jogadores de muita qualidade, mas nós também temos e não vamos ficar para trás", completou.