Esportes

Ponte Preta vira sobre o Cruzeiro e encosta no G-4 da Série B

Da Redação ·

A Ponte Preta engatou a segunda vitória seguida na Série B do Campeonato Brasileiro e voltou à briga pelo acesso na noite desta terça-feira ao derrotar o Cruzeiro, de virada, por 2 a 1, no estádio Moisés Lucarelli, pela 31ª rodada. De quebra, deixou o time celeste precisando de uma sequência improvável de vitórias para voltar à Série A.

continua após publicidade

Com o resultado, a Ponte Preta foi para a sexta posição, com 46 pontos, contra 49 do Juventude, em quarto. O Cruzeiro, por outro lado, ficou em 11º, com 40. A equipe mineira não vence há três rodadas.

Ainda sonhando com o acesso, o Cruzeiro não esperou para pressionar a Ponte Preta. Logo aos oito minutos, Machado cobrou escanteio na cabeça de Manoel, que desviou para fazer o seu quinto gol na competição. E a bola parada continuou sendo a principal arma da equipe celeste, sempre dos pés do camisa 25.

continua após publicidade

O segundo do Cruzeiro quase saiu aos 21 minutos, quando Pottker recebeu pelo lado direito e chutou cruzado. A bola passou por Ygor Vinhas, mas não por Apodi, que tirou em cima da linha. Aos poucos, a Ponte equilibrou o jogo e começou a ter espaços para atacar. No entanto, o time campineiro não conseguiu finalizar e pouco ameaçou o gol defendido por Lucas França.

O segundo tempo começou sem muitas emoções. O Cruzeiro recuou e começou a administrar a vantagem, enquanto a Ponte Preta ficou com a posse de bola, mas encontrou clara dificuldade para fazer a infiltração. Com isso, a opção foi por chutes de fora da área. Em um deles, Bruno Rodrigues mandou rente à trave.

No entanto, o Cruzeiro recuou demais e acabou sendo castigado. Aos 20, após cobrança de escanteio, a bola ficou viva dentro da área celeste. Luizão aproveitou e chutou para deixar tudo igual. A virada aconteceu aos 25. Bruno Rodrigues avançou pela esquerda, cortou para o meio e cruzou. A bola atravessou a área e terminou no gol de Lucas França.

continua após publicidade

Atrás do placar, o time mineiro foi para o tudo ou nada, mas encontrou uma retranca montada pela Ponte Preta. A melhor chance foi em um chute de Giovanni, defendido por Ygor Vinhas, nada que pudesse evitar a derrota.

Na próxima rodada, o Cruzeiro enfrenta o Cuiabá na terça-feira, às 21h30, na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG). Na quarta-feira, às 17h, a Ponte Preta visita o Juventude no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).

FICHA TÉCNICA:

continua após publicidade

PONTE PRETA 2 x 1 CRUZEIRO

PONTE PRETA - Ygor Vinhas; Apodi, Luizão, Ruan Renato e Guilherme Lazaroni; Barreto, Vinícius Zanocelo e Camilo (Bruno Reis); Moisés (Guilherme Pato), Matheus Peixoto (Wanderley) e Bruno Rodrigues (Yuri). Técnico: Fábio Moreno.

continua após publicidade

CRUZEIRO - Lucas França; Raúl Cáceres, Manoel, Ramon e Matheus Pereira; Adriano, Jadsom Silva (Régis) e Machado (Giovanni); William Pottker, Thiago (Sassá) e Airton (Arthur Caíke). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

GOLS - Manoel, aos 8 minutos do primeiro tempo. Luizão, aos 20, e Bruno Rodrigues, aos 25 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Vinícius Zanocelo (Ponte Preta); Airton e Giovanni (Cruzeiro).

ÁRBITRO - Ramon Abatti Abel (SC).

RENDA E PÚBLICO - Jogo sem torcida.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).