Esportes

Polêmica entre Paulo Sousa e goleiro Diego Alves aumenta turbulência no Flamengo

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O trabalho do técnico Paulo Sousa passa por mais um momento de turbulência no Flamengo. Nem mesmo a vitória sobre a Universidad Católica, na terça-feira, pela Libertadores aliviou o clima no Ninho do Urubu. A polêmica da vez teve origem na entrevista coletiva do português após o triunfo no Maracanã, em que o treinador expressou descontentamento com a postura do goleiro Diego Alves.

continua após publicidade

Após falhas do jovem goleiro Hugo e com a lesão de Santos, muito se discutiu sobre quem poderia ocupar a titularidade da meta rubro-negra. Diego Alves, também contundido, não poderia assumir a função. Paulo Sousa decidiu pela permanência de Hugo, mas revelou que o experiente goleiro teria se colocado à disposição, contrariando sua posição inicial de não atuar por um problema no púbis.

"O Diego no dia seguinte ao jogo do Botafogo - onde fez o aquecimento - sentiu dores e reportou ao departamento médico, que fez uma ressonância. Temos de confiar no jogador, porque nós temos algo gráfico para analisar, mas temos de ouvir o que o jogador sente", iniciou o treinador, antes de revelar o motivo de sua desconfiança.

continua após publicidade

"O Diego pela manhã continuava a ter dores. À tarde, nosso fisioterapeuta disse que ele estava melhorzinho e o sentia capaz de treinar. Se vocês verificarem o que são dores púbicas e o tempo que levam na recuperação, não pode ser que, de um dia para o outro, - ou por uma reunião que teve com Bruno Spindel após o almoço - se recuperou rapidamente e estava disponível para jogar. Aqui os processos não são assim. Os jogadores têm de treinar. Ele não treinou nenhum dia desde o jogo do Botafogo, por isso não poderia estar relacionado", concluiu Paulo Sousa.

Diretor executivo de futebol, Bruno Spindel foi colocado com um dos integrantes dessa polêmica por causa de sua reunião com Diego Alves. O dirigente não se posicionou publicamente sobre o tema, mas uma sequência de falhas de comunicação teriam deixado o clima pesado.

Nesta quarta-feira, Diego Alves foi às redes sociais e deixou uma mensagem que pode estar relacionada ao tema. O arqueiro publicou uma foto do ex-atacante Adriano, com seus dizeres: "Que Deus perdoe essas pessoas ruins". Sem muito espaço no Flamengo, tem sido cogitada uma transferência do goleiro campeão da Libertadores de 2019.

Desde o início da temporada, problemas de relacionamento entre elenco e comissão técnica têm tomado conta dos bastidores do Flamengo. Recentemente, uma entrevista de Jorge Jesus demonstrando interesse em retornar ao clube carioca colocou ainda mais pimenta nas discussões. Resultados ruins no Campeonato Brasileiro também motivam críticas da torcida, que não tem poupado jogadores e diretoria.