Esportes

Patrick projeta jogo decisivo com o Boca: ‘A gente acredita na classificação’

Da Redação ·

Em situação ruim na Copa Libertadores, o Internacional terá, diante do Boca Juniors, nesta quarta-feira, um complicado desafio para se classificar para as quartas de final da competição. O time de Abel Braga perdeu em casa por 1 a 0 no jogo de ida, e agora visita o rival no estádio La Bombonera precisando reverter a vantagem do adversário.

continua após publicidade

A tarefa não é das mais fáceis. Além de sair atrás no placar agregado, o Inter terá pela frente o fator complicador de jogar no tradicional estádio argentino. Mesmo sem torcida, devido às medidas para combater a pandemia da covid-19, o meio-campista Patrick não acredita que o cenário se torna mais fácil.

"Não é a mesma coisa. Para quem está dentro de campo já como é tenso, tem a sensação com torcida. Sem torcida é diferente, exige um pouco mais de concentração, uma preparação melhor para o jogo, emocional principalmente", explicou, em entrevista concedida nesta terça-feira.

continua após publicidade

O emocional não é o único problema para o Inter. O psicológico também será bastante exigido, principalmente por muitos já considerarem a equipe brasileira como eliminada. No entanto, segundo o meia, isso não chegará a afetar dentro de campo.

"A gente não deixa isso entrar no nosso vestiário. A gente acredita que fez um bom jogo, poderia até ter saído com a vitória na primeira partida. Então a gente vai acreditando, motivados, e vai lutar para buscar a classificação até o último minuto", acrescentou.

Patrick ainda analisou o momento que o time atravessa. Sem vencer há quatro compromissos, o clube gaúcho está em má fase. "Estamos buscando a vitória todos os jogos. Infelizmente a gente está passando por um momento difícil. O importante é não deixar de se dedicar, deixar de tentar. Eu acredito que logo essa fase mude a gente consiga vencer", disse. "Eu acho que todos estão motivados. A gente acredita que a gente consegue reverter essa situação e a gente vai doar nossa última gota de suor, nossa última gota de sangue lá dentro de campo amanhã", projetou

Inter e Boca se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h30, na Argentina. O clube mandante tem a vantagem do empate para passar de fase. Aos brasileiros, resta a esperança de vencer por dois gols de vantagem. Se o placar novamente for de 1 a 0, a decisão vai para os pênaltis. Se o Inter ganhar por um gol de diferença, mas marcar mais de duas vezes, fica com a vaga segundo o critério de desempate.