Esportes

Patrick pede São Paulo agressivo para encerrar série de empates no Brasileiro

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Depois de três empates seguidos no Brasileirão, o São Paulo busca se reencontrar com a vitória neste sábado, quando recebe o Goiás no Morumbi, a partir das 19 horas. De volta ao time após cumprir suspensão e ficar de fora do empate por 3 a 3 com o Internacional, Patrick espera que o time são-paulino consiga se impor em campo para alcançar a vitória.

continua após publicidade

"O Goiás é uma equipe de transição, se defende muito bem. Vai ser um jogo aberto, a gente tem que propor jogo e vencer essa partida. Acho que vai ser um bom jogo, tomara que a gente saia vencedor", disse. Estou feliz, bem adaptado, bem inserido no esquema do professor. Agora é só aproveitar. O momento está bom, estou me preparando, me cuidando ao máximo", concluiu.

Apesar da falta de resultados positivos nos últimos jogos, o São Paulo tem mostrado bastante força e competitividade. No jogo contra o Inter, o técnico Rogério Ceni não teve nomes como Calleri, Léo, Jandrei, Miranda e o próprio Patrick, mas conseguiu encontrar soluções táticas para arrancar o empate em Porto Alegre.

continua após publicidade

"A equipe vem de três empates, jogando bem. Se Deus quiser, a gente vai buscar essa vitória que já está na hora de acontecer. Tivemos pouco tempo para trabalhar depois do jogo do Internacional. A preparação foi feita da melhor maneira possível, diante das condições. Tentamos recuperar quem precisa e os melhores fisicamente vão estar em campo para a gente buscar a vitória", comentou Patrick.

Para enfrentar o Goiás, além do meia, Ceni também terá o retorno de Calleri, outro que volta de suspensão. O goleiro Jandrei, por sua vez, continua com um trauma nas costas e deve ser desfalque novamente. Miranda, com dores musculares, é dúvida, e Léo trata um edema na coxa direita.

Décimo colocado do Brasileiro, com 25 pontos, o São Paulo pode ir a campo com Thiago Couto; Rafinha, Diego Costa e Luizão; Igor Vinícius, Gabriel Neves, Igor Gomes e Welington; Patrick, Luciano e Calleri.