Esportes

Palmeiras defende Abel e diz que Neto é mau exemplo por fala sobre mãe do técnico

Da Redação ·

O Palmeiras defendeu Abel Ferreira e publicou em suas redes sociais um texto curto em que repudia as declarações do apresentador José Ferreira Neto, o Craque Neto. Em seu programa na TV Bandeirantes nesta quinta-feira, o ex-jogador citou a mãe do técnico português como resposta a uma fala do comandante palmeirense na entrevista coletiva após o empate com o Athletico-PR no duelo de ida da Recopa Sul-Aamericana.

continua após publicidade

Abel, ao responder a uma pergunta sobre o modelo de jogo escolhido para enfrentar o Athletico-PR em Curitiba e a opção pela entrada do atacante Wesley no segundo tempo da partida, indicou que, na sua visão, jornalistas que trabalham com o futebol deveria fazer cursos, assim como fazem a maior parte dos técnicos.

"Fico contente quando jornalistas entendem o jogo jogado. O jogo falado até meu pai e minha mãe falam. O jogo jogado só quem realmente estuda. Não fiz curso de jornalismo, não falo de jornalista. Mas jornalistas falam de treinadores sem o curso de treinador", disse o português.

continua após publicidade

Neto não gostou do discurso de Abel e dedicou parte de seu programa a criticar a declaração do técnico do Palmeiras. O apresentador e ex-jogador citou a mãe de Abel em tom que o Palmeiras e torcedores palmeirenses entenderam ser desrespeitoso e indecoroso.

"O que sua mãe sabe fazer? Bacalhau? Sua mamãe sabe fazer o quê? Cacetinho? A minha mãe tem os peitos desse tamanho, deu 'mamá' para mim até os cinco anos. A minha mãe sabe de futebol, a sua mãe talvez não saiba. Quando ele coloca a mãe no meio eu já fico bravo. A minha mãe sabe de futebol", afirmou o âncora de os Donos da Bola, antes de chamar de "colonizador" o treinador europeu.

"Mas a sua mãe seria tão covarde como você para enfrentar o Chelsea? Talvez sua mãe não seria. Você acha que é um colonizador. E quando você consegue fazer isso, é porque você está indo embora e você sempre coloca a culpa na imprensa, nos jornalistas", completou.

continua após publicidade

Em suas redes sociais, o Palmeiras respondeu o apresentador. O clube considerou que Neto adotou um tom pejorativo em sua fala e atentou "de forma rasteira" contra a mãe de Abel, que "nem sequer está no futebol".

"Lamentamos profundamente a falta de educação do apresentador, o mau exemplo para a sociedade, sobretudo o público jovem, e o desperdício de um espaço nobre em uma concessão pública", afirmou o clube antes de prestar solidariedade a Abel.

O Estadão entrou em contato com Neto, que, embora não goste de dar entrevistas, falou brevemente sobre o caso. "Não tenho relação nenhuma com o Abel. Eu acho que é desagradável quando uma pessoa coloca a mãe para ir contra os jornalistas. Ele falou que a mãe dele não entende de futebol. A minha também não. Mãe é algo tão sagrado que não dá para falar de mãe", argumentou o comunicador.

continua após publicidade

Neto diz aceitar críticas e criticou Abel por, na sua opinião, humilhar alguns jornalistas em sua cruzada contra a imprensa. Segundo o ex-atleta do Corinthians, o técnico é grosseiro e desrespeita o trabalho da imprensa. O treinador já viveu o outro lado, curiosamente. Em 2014, foi comentarista da Sport TV, principal emissora esportiva de TV a cabo de Portugal, durante poucos meses.

"Quando algum jornalista pergunta algo sobre o jogo de futebol, não é preciso humilhar as pessoas e falar que elas não entendem de futebol. Não precisa fazer isso. Ele (Abel) que tem que entender de futebol porque ele ganha R$ 1 milhão", esbravejou Neto.