Esportes

Neymar faz um gol, perde pênalti, é vaiado e PSG sai derrotado diante do Nantes

Da Redação ·

O Paris Saint-Germain parou em seus próprios erros e acabou derrotado, neste sábado, pelo Nantes, por 3 a 1, no campo do adversário, em duelo válido pela 25ª rodada do Campeonato Francês. Neymar, que fez o gol do time parisiense, também perdeu uma penalidade, na etapa final, e acabou vaiado, ao ser substituído.

continua após publicidade

Com o resultado, o PSG permanece com 59 pontos na liderança, enquanto o Nantes pulou para a quinta colocação, com 38 pontos.

O primeiro tempo foi todo do Nantes, que terminou com 3 a 0 no placar. O PSG procurou encurralar o adversário e chegou a ter 72% de posse de bola, mas não mostrou velocidade para retomar a marcação, propiciando espaço para os rápidos contra-ataques do time da casa.

continua após publicidade

Aos cinco minutos, Simon lançou Muani, que bateu na saída de Navas para abrir o placar. Aos 16, Merlin acertou lindo chute e ampliou a vantagem dos anfitriões.

O PSG ficava bastante tempo no campo ofensivo, mas quando produzia algo parava na bela atuação de Lafont, autor de bela defesa diante de Neymar. Aliás, o brasileiro sofreu com a marcação rígida dos zagueiros adversários.

Mas foi Mbappé que assustou os 36 mil torcedores presentes ao estádio, ao se contorcer de dores, ao ser calçado por Pallois, aos 36 minutos. O atacante precisou ser atendido fora de campo por causa da forte pancada no tornozelo, mas se recuperou e voltou para o gramado.

continua após publicidade

Mas ainda havia tempo para mais um gol do Nantes e ele veio com a ajuda do VAR, que flagrou mão de Wijnaldum. Blas cobrou e fez o terceiro gol, aos 48 minutos.

O segundo tempo foi marcado pelo domínio do PSG, que marcou belo gol com Neymar, logo a um minuto, mas perdeu no mínimo quatro enormes oportunidades de marcar. O grande obstáculo foi o goleiro Lorant, que até pênalti de Neymar agarrou aos 13 minutos.

Do trio badalado do PSG, Mbappé foi o melhor, mas falhou nas finalizações. Messi esteve muito tímido e Neymar perdeu moral após o desperdício do pênalti, acabou substituído por Di Maria e deixou o campo vaiado.