Esportes

Nenê desperdiça pênalti no fim e Vasco perde do Sampaio Corrêa com um a mais

Da Redação ·

O Vasco desperdiçou uma grande oportunidade de encostar no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro, na noite deste sábado. Com um jogador a mais desde o fim do primeiro tempo, o cruzmaltino viu Nenê perder pênalti no último lance do jogo e foi derrotado pelo Sampaio Corrêa, por 1 a 0, no Castelão, em São Luís (MA), pela 29ª rodada.

continua após publicidade

Sem conseguir emplacar a quarta vitória seguida, o Vasco estacionou nos 43 pontos e continua na oitava colocação. A diferença para o G-4 é de cinco, mas poderia ficar em dois. Já o Sampaio Corrêa encerrou um jejum de sete jogos e agora é o décimo colocado, com 40 pontos.

A festa das torcidas nas arquibancadas animou os dois times, que começaram o jogo com tudo. O Vasco quase abriu o placar com Gabriel Pec aos oito minutos. Na sequência, um lance polêmico. Ciel caiu dentro da área após dividir com Vanderlei e o árbitro assinalou pênalti a favor do time da casa. No entanto, Caio Max voltou atrás após consultar o VAR.

continua após publicidade

O lance animou ainda mais o Vasco, que continuava com mais posse de bola. Aos 21 minutos, Gabriel Pec cruzou rasteiro e Cano quase completou para o gol. O argentino conseguiu tocar na bola, mas não o bastante. O Sampaio Corrêa era perigoso nas poucas chances que criava e Ciel fez Vanderlei trabalhar em cabeçada no canto.

Mais um lance polêmico aconteceu no último lance do primeiro tempo. Gabriel Pec recebeu de Nenê e foi derrubado por Luis Gustavo quase na entrada da área. O árbitro expulsou direto o lateral do Sampaio Corrêa, gerando muita revolta dos maranhenses. Por reclamação, Luiz Daniel e Alyson foram amarelados.

Logo aos três minutos do segundo tempo, Nenê marcou para o Vasco, mas o gol foi anulado porque Gabriel Pec estava impedido na origem do lance. E o Sampaio Corrêa quase surpreende na sequência. Ciel fez jogada individual dentro da área, passou fácil por Leandro Castán e bateu para defesa de Vanderlei.

continua após publicidade

O Sampaio Corrêa era melhor que o Vasco mesmo com um a menos e Pimentinha exigiu mais uma boa defesa de Vanderlei em chute forte. Aos 19 minutos, Allan Godói subiu mais que todo mundo após cobrança de escanteio e mandou no cantinho para colocar o time maranhense na frente.

A pressão do Vasco se intensificou e Luiz Daniel evitou o empate com um milagre em voleio de Daniel Amorim. Aos 43, Leandro Castán quase completou para o gol, mas chutou em cima da marcação. O goleiro do Sampaio Corrêa voltou a trabalhar nos acréscimos em finalização de Cano.

O melhor estava marcado para o último lance. Aos 53 minutos, Jarro Pedroso derrubou Riquelme dentro da área e o árbitro assinalou pênalti para o Vasco. Nenê cobrou mal e mandou nas mãos de Luiz Daniel que caiu no canto esquerdo e fez a defesa.

continua após publicidade

No próximo sábado, o Vasco faz um confronto direto contra o líder Coritiba, às 16h30, em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ). O Sampaio Corrêa joga já na terça-feira, contra o Vitória, às 19 horas, novamente no Castelão, em São Luís (MA). As partidas são válidas pela 30.ª rodada.

FICHA TÉCNICA:

continua após publicidade

SAMPAIO CORRÊA 1 x 0 VASCO

SAMPAIO CORRÊA - Luiz Daniel; Luis Gustavo, Allan, Nilson Júnior e Alyson; Baraka, Márcio Araújo (Ferreira), Eloir e Nadson (Jean Silva); Pimentinha (Jarro Pedroso) e Ciel (Diego Cardoso). Técnico: Felipe Surian.

VASCO - Vanderlei; Zeca (Figueiredo), Ricardo Graça (Daniel Amorim), Leandro Castán e Riquelme; Bruno Gomes, Marquinhos Gabriel, Morato, Nenê e Gabriel Pec (João Pedro); Cano. Técnico: Felipe Diniz.

continua após publicidade

GOL - Allan Godói, aos 19 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Ciel, Luiz Daniel, Alyson e Márcio Araújo (Sampaio Corrêa); Daniel Amorim e Figueiredo (Vasco).

CARTÃO VERMELHO - Luis Gustavo (Sampaio Corrêa).

ÁRBITRO - Caio Max Augusto Vieira (RN).

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Estádio Castelão, em São Luís (MA).