Esportes

Nagelsmann mantém postura ofensiva do Bayern mesmo após dura derrota no Alemão

Da Redação ·

Julian Nagelsmann não gostou nada das críticas ao esquema do Bayern de Munique após a surpreendente derrota por 4 a 2 para o Bochum, pelo Campeonato Alemão. Em alguns momentos com até cinco jogadores no ataque, o treinador garante que manterá a filosofia ousada na visita ao RB Salzburg, nesta quarta-feira, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

continua após publicidade

"Minha filosofia, minha abordagem, não vou mudar isso", disse o técnico alemão na coletiva antes do jogo. "Existe uma certa estrutura no nosso plantel, embora existam alguns jogadores ausentes", defendeu suas escolhas.

"É muito simples, se tivermos muitos jogadores dentro da área, a chance de marcarmos é maior. Não apenas do tiro inicial, mas também das segundas bolas e rebotes. A probabilidade de a bola ricochetear para nós é significativamente maior", explicou.

continua após publicidade

Depois, foi irônico ao rebater as críticas. "O engraçado do futebol é que essas discussões só surgem quando você perde. Na nossa vitória sobre o RB Leipzig, tivemos um zagueiro a menos do que na derrota para o Bochum, mas todos só disseram que éramos muito ofensivos contra o Bochum", protestou. "No final, é tudo sobre a maneira como você joga, não o sistema. Não vou mudar minha abordagem com base no que escrevem sobre nós."

Thomas Müller seguiu o discurso ofensivo do técnico. "Queremos deixar nossa marca no jogo de amanhã. O Salzburg joga um futebol moderno com muita intensidade. Temos que nos adaptar a isso. E precisamos finalizar nossos ataques. É um jogo de mata-mata e temos que agir de acordo, não há duas opiniões sobre isso" concluiu.

Apontado entre os favoritos na atual edição da Liga dos Campeões, o Bayern de Munique quer voltar da Áustria com a vaga encaminhada às quartas-de-final e buscará a vitória a todo instante, de acordo com seu comandante.