Esportes

Nadal vence Norrie, conquista tetra em Acapulco e fortalece ótimo início de 2022

Da Redação ·

A insegurança vivida por Rafael Nadal em 2021, quando ficou de fora das quadras no segundo semestre em razão de uma lesão no pé, já ficou para trás. O espanhol foi do receio de ter que parar de jogar ao melhor início de temporada da carreira, e os números aumentaram na madrugada deste domingo, com o título do ATP 500 de Acapulco, conquistado após uma vitória por 2 sets a 0 sobre o britânico Cameron Norrie. As duas parciais foram de 6/4.

continua após publicidade

Vencer em Acapulco não é novidade para Nadal, agora tetracampeão do torneio, vencido por ele anteriormente em 2005, 2013 e 2020. "Sempre foi um lugar especial para mim. A energia que as pessoas trazem para mim no México é algo muito único", comentou o campeão.

As somas, contudo, não param por aí. O lendário tenista também chegou ao 91º título do circuito ATP em 128 finais disputadas. Neste ano, com 15 vitórias seguidas, já levantou as taças do Aberto da Austrália e do ATP 250 de Melbourne. Além disso, a pontuação obtida com a nova conquista deve levá-lo da quinta para a quarta posição do ranking mundial, ultrapassando o grego Stefanos Tsitsipas na atualização de segunda-feira.

continua após publicidade

"Eu passei por alguns momentos bastante difíceis durante a partida, mas fui capaz de salvar. Então, consegui a vantagem quando tive as chances", afirmou o espanhol. "Eu estou muito satisfeito. Foi um título muito importante para mim, então eu não poderia estar mais feliz", completou.

Nadal chegou à final depois de vencer o russo Daniil Medvedev, que deve assumir a primeira colocação do ranking na segunda, enquanto Cameron Norrie passou por Tsitsipas. Norrie vinha de um título conquistado uma semana atrás, no ATP de Delray Beach, ostentando uma série de oito vitórias, por isso havia esperança de bater o experiente adversário.

O britânico de 26 anos cometeu poucos erros no primeiro set, mas quando errou viu Nadal aproveitar as oportunidades para criar o único break point do set. Com aproveitamento de 89% nos primeiros saques, o espanhol ganhou 79% desses pontos e pavimentou o caminho da vitória parcial.

Nadal abriu o segundo set com uma nova quebra de serviço, mas viu Norrie reagir no game seguinte. Depois de se ver perdendo por 2 games a 1, o tetracampeão recuperou a vantagem ao ganhar quatro games seguidos e viu a ameaça diminuir até conseguir fechar a parcial por 6 a 4.