Mais lidas

    Esportes

    Esportes

    Nadal bate australiano, vence a 7ª seguida e joga quartas em Madri; Medvedev cai

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 06.05.2021, 14:29:00 Editado em 06.05.2021, 14:36:17
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O espanhol Rafael Nadal segue em sua busca pelo sexto título no Masters 1000 de Madri, dispitado em quadras de saibro na Espanha, na carreira. Nesta quinta-feira, o campeão do ATP 500 de Barcelona duas semanas atrás venceu a sétima seguida, derrotando agora o australiano Alexei Popyrin, que até deu alguns pequenos sustos, por 2 sets a 0 - com um duplo 6/3, após em 1 hora e 17 minutos.

    Classificado às quartas de final, o atual número 2 do mundo manteve a escrita de não cair antes desta fase no Masters 1000 de Madri desde 2013. Seu próximo adversário sairá do confronto entre Alexander Zverev e Daniel Evans. Nadal leva vantagem no histórico contra os dois - tem 5 a 2 contra o alemão e 2 a 0 frente o britânico.

    O espanhol alcançou nesta quinta-feira a vitória de número 454 no saibro, onde perdeu apenas 41 vezes na carreira e soma 61 de seus 87 títulos.

    Logo no segundo game da partida, Nadal teve que salvar três break points antes de confirmar o seu serviço. No game seguinte, não desperdiçou a chance que teve para quebrar o serviço do australiano e novamente no quinto game. Popyrin até conseguiu devolver uma das quebras sofridas, mas o espanhol voltou a confirmar seus serviços para vencer o set por 6/3.

    Na segunda parcial, Nadal começou melhor e logo no segundo game quebrou o serviço do australiano. O set seguiu bastante disputado, mas o espanhol não deu chances à Popyrin devolver a quebra sofrida e venceu por 6/3.

    Também nesta quinta-feira, o chileno Cristian Garin repetiu a maior vitória de sua carreira e a mais destacada campanha em nível Masters 1000 ao eliminar o russo Daniil Medvedev, número 3 do mundo, e atingir as quartas de final de Madri. O jogo, que foi marcado por irritação do tenista europeu com torcedores, teve placar de 6/4, 6/7 (2/7) e 6/1.

    O chileno de 24 anos e especialista em saibro já havia atingido quartas no Masters 1000 de Paris, na França, há dois anos e também batido um número 3, o alemão Alexander Zverev. E a chance de ir além é boa, já que enfrentará nesta sexta-feira quem passar do duelo entre o italiano Matteo Berrettini e o argentino Federico Delbonis.

    Esta foi apenas a quarta derrota de Medvedev na temporada. Madri marcou a sua estreia no saibro europeu, já que ele contraiu covid-19 pouco antes do Masters 1000 de Monte Carlo. Curiosamente, havia perdido todos os 10 jogos que fez nos meses de maio, sempre na fase da terra batida, até que enfim superou o espanhol Alejandro Davidovich Fokina na estreia na última quarta-feira.

    Já o americano John Isner, ex-Top 10, pode estar reencontrando no Masters 1000 de Madri o tênis firme que o levou a ser o número 8 do mundo três anos atrás. Nesta quinta-feira ele mais uma vez sacou demais e anotou 29 aces para derrubar o russo Andrey Rublev após uma batalha de três sets e dois tie-breaks, fechando o jogo com parciais de 7/6 (7/4), 3/6 e 7/6 (7/4).

    De volta às quartas de final de um Masters pela primeira vez desde 2019, quando foi até a decisão em Miami e acabou com o vice, perdendo para o suíço Roger Federer, o americano de 36 anos terá pela frente o austríaco Dominic Thiem, que bateu o australiano Alex de Minaur em sets diretos, com parciais de 7/6 (9/7) e 6/4. Eles já se enfrentaram três vezes e Isner só venceu uma, perdendo a única no saibro.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Esportes

    Deixe seu comentário sobre: "Nadal bate australiano, vence a 7ª seguida e joga quartas em Madri; Medvedev cai"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.