Na véspera de dérbi, Corinthians paga ao elenco três meses de salários atrasados - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Esportes

Na véspera de dérbi, Corinthians paga ao elenco três meses de salários atrasados

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O Corinthians acertou nesta quarta-feira os três meses de salários atrasados que tinha com o elenco. Na véspera do clássico contra o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro, o clube do Parque São Jorge quitou parte das obrigações e deve somente os vencimentos referentes ao mês de agosto. A promessa é de resolver toda a pendência em breve.

Quem anunciou o pagamento foi o diretor de futebol Duílio Monteiro Alves, que também nesta quarta-feira anunciou a sua saída do cargo. "Lógico que um tempo deste de atraso nunca é bom, atrasamos pelas questões que todos sabem além da pandemia, mas deixamos quase tudo em dia. Temos um dia de atraso de um mês de salário, que seria o quarto", disse o dirigente. "Tenho de agradecer os jogadores pela paciência, parceria e vontade que nunca faltou em campo", completou.

O pagamento dos salários foram possíveis com o recebimento da venda do lateral-esquerdo Carlos Augusto para o Monza, da Itália. O time europeu pagou R$ 25 milhões à vista por 40% dos direitos do jogador. O Corinthians tem uma folha salarial estimada em R$ 12 milhões mensais. Para quitar o restante devido, o clube aguarda receber o adiantamento de um banco alemão referente à venda do meia Pedrinho ao Benfica.

De saída do cargo, Duílio afirmou que decidiu se afastar da função para se dedicar à campanha para ser presidente do clube. Ele será o candidato da situação no pleito de novembro deste ano. Por enquanto, o presidente Andrés Sanchez vai acumular o comando do futebol auxiliado por dois adjuntos: Jorge Kalil e Eduardo Ferreira.

Duílio anunciou a saída em entrevista coletiva nesta quarta-feira. "Esse é o momento de me retirar, o grupo resolveu em conjunto que eu saísse candidato, entendo que minha permanência no futebol pode prejudicar o Corinthians por questões políticas. Jamais gostaria disso, então é um momento oportuno para deixar a diretoria", disse. O último jogo dele no cargo será o clássico contra o Palmeiras.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Na véspera de dérbi, Corinthians paga ao elenco três meses de salários atrasados"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.