Esportes

Mirassol abre 3 gols, segura pressão do Santos e obtém vitória emocionante

Da Redação ·

O Mirassol derrotou o Santos por 3 a 2 em um jogo emocionante que aconteceu no estádio José Maria dos Campos Maia, em Mirassol, na noite desta quinta-feira. Cada equipe teve o domínio do jogo por um dos tempos, mas não foi suficiente para o Santos buscar o empate após deixar o primeiro tempo perdendo por 3 a 0. Os times se enfrentaram pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

continua após publicidade

O Mirassol deixa a lanterna e assume a segunda colocação do Grupo C com o resultado desta quinta. São 12 pontos somados pelo time de Eduardo Baptista. Com a vitória do Red Bull Bragantino sobre o Água Santa também na noite desta quinta-feira, o Santos vê o time de Bragança Paulista abrir quatro pontos de vantagem na liderança do Grupo D. A equipe de Fábio Carille segue com nove pontos, enquanto o Bragantino tem 13. O Mirassol mantém sua invencibilidade jogando em casa neste Paulistão, com três vitórias e um empate. Por outro lado, o Santos perde o posto de invicto fora de casa.

A partida começou competitiva no estádio José Maria dos Campos Maia e a primeira chance de gol foi do Santos, após tabela de Marcos Leonardo com Léo Baptistão, que parou no goleiro adversário. A chance da equipe da baixada santista foi isolada e o time da casa conseguiu embalar uma sequência de três gols em 12 minutos.

continua após publicidade

Artilheiro do Mirassol no ano, Zeca fez seu quarto gol na temporada e abriu o placar para o time do interior aos 22 minutos. Se antecipou ao zagueiro para tocar para o fundo das redes. O lance gerou muita reclamação dos jogadores do Santos por uma falta não marcada no início da jogada. O Mirassol não se distraiu com as queixas do adversário e ampliou o placar com Fabrício Daniel logo depois, com cerca de três minutos de diferença.

A intensidade do Mirassol continuou e não demorou muito para o terceiro gol. Aos 34 minutos, Rafael Silva recebeu passe na entrada da grande área, invadiu colocando na frente da zaga e finalizou tirando do goleiro. O Santos não conseguiu esboçar reação e foi para o vestiário em desvantagem de três gols.

Com três alterações feitas por Fábio Carille no time para o segundo tempo, o time voltou do intervalo marcando gol logo aos 4 minutos. Camacho, que entrou no lugar de Felipe Jonatan, fez um lindo lançamento de muito longe para o lateral Madson invadir a área e tocar de cabeça para vencer o goleiro Darley.

continua após publicidade

A reação santista continuou, assim como a pressão imposta pelo time alvinegro, e o segundo gol veio aos 13 minutos. Após levantamento na área, Darley fez grande defesa em chute de Marcos Leonardo, mas o rebote sobrou para Marcos Guilherme diminuir para 3 a 2. Os visitantes tentaram manter a pressão, mas o Mirassol acertou a marcação nos minutos seguintes.

Quando o jogo entrava na reta final, o Mirassol voltou a levar perigo ao gol do Santos. Rafael Silva quase marcou mais um em cabeceio cruzado que foi para fora da meta de João Paulo. O time da casa manteve a pressão por um período, mas o Santos voltou a pressionar em busca do empate durante os minutos finais. Nos acréscimos, Marcos Leonardo teve uma chance de muito perigo em cabeceio na pequena área, mas o goleiro Darley fez uma defesa extraordinária para manter a vantagem do Mirassol.

O Mirassol terá o Água Santa pelo caminho na próxima rodada, em jogo que acontece em Diadema, enquanto o Santos encara o clássico contra o São Paulo na Vila Belmiro. Os dois jogos acontecerão no próximo domingo, o primeiro pela manhã e o clássico no período da tarde.

continua após publicidade

FICHA TÉCNICA

MIRASSOL 3 X 2 SANTOS

continua após publicidade

MIRASSOL - Darley; Ivan, Thalisson Kelven, Lucão e Pará; Neto Moura (Ednei), Luís Oyama, Fabrício Daniel (Luiz Fernando) e Negueba (Fabinho); Zeca (Daniel) e Claudinho (Rafael Silva). Técnico: Eduardo Baptista.

SANTOS - João Paulo; Madson, Kaiky, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Felipe Jonatan (Camacho), Vinícius Balieiro (Lucas Braga), Ângelo (Tailson) e Marcos Guilherme; Marcos Leonardo e Léo Baptistão (Sandry). Técnico: Fábio Carille.

GOLS - Zeca, aos 22, Fabrício Daniel, aos 25, e Rafael Silva, aos 34 minutos do primeiro tempo. Madson, aos 4, e Marcos Guilherme, aos 13 minutos do segundo tempo.

continua após publicidade

ÁRBITRO - Thiago Luis Scarascati.

CARTÕES AMARELOS - Vinícius Balieiro, Rafael Silva, Luís Oyama, Daniel e Darley.

PÚBLICO - 7.542 pessoas.

RENDA - R$ 341.910,00.

LOCAL - José Maria dos Campos Maia, em Mirassol (SP).