Esportes

Metade dos jogadores usados pelo Corinthians no Brasileirão são formados na base

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

A campanha do Corinthians, vice-líder do Brasileirão, passa pelos pés dos mais jovens e das categorias de base do clube. Vítor Pereira, que assumiu o comando da equipe após a demissão de Sylvinho, chegou com uma proposta de reconstrução e vem, até a 11ª rodada, cumprindo com seu plano. Dos 27 jogadores utilizados pelo técnico português, 16 são formados pelo próprio clube.

continua após publicidade

Ainda em busca de um time ideal, Vítor Pereira tem usado os jovens da base principalmente para tentar solucionar os problemas de jogo de sua equipe. Adson, Du Queiroz e Mantuan são exemplos de atletas que ganharam espaço no time titular e caíram nas graças da torcida. Por outro lado, medalhões, que chegariam para resolver os problemas do time, como Roger Guedes, Paulinho, Renato Augusto, Willian e Giuliano, não vêm conseguindo alcançar as expectativas, tanto do clube quanto da torcida.

Entretanto, o treinador já afirmou anteriormente que o atual elenco não conta com as peças que gostaria de trabalhar. "Quando aceitei o convite (para treinar o Corinthians), eu aceitei o elenco. Portanto, eu aceitei o desafio, agora, nós sabemos que não é um elenco perfeito", disse o português, em entrevista coletiva no último mês.

continua após publicidade

O frequente uso das "crias do terrão", como são chamados os atletas formados nas categorias de base, também reflete nos gols marcados pela equipe no Brasileirão. Das 15 vezes que o Corinthians balançou as redes, nove foram anotadas por seis diferentes atletas formados no Parque São Jorge: Lucas Píton, Adson, Gustavo Mosquito, Raul, Mantuan e Jô. Este último, revelado pelo clube em 2005 e destaque na conquista do título nacional mais recente do time alvinegro, teve seu contrato rescindido após ser flagrado em uma casa noturna durante o jogo entre Corinthians e Cuiabá, faltando ao treino no dia seguinte.

Gustavo Mantuan, que já atuou em diversas posições, de lateral a centroavante, divide a artilharia do Corinthians na competição ao lado de Roger Guedes, com três gols cada. Nas assistências, a garotada corintiana também também se destaca, o que ajuda a explicar o sucesso da equipe no Campeonato Brasileiro. Lucas Píton lidera a estatística, com três passes para gols. O experiente Willian — formado nas categorias de base em 2007 — e Du Queiroz seguem a lista de garçons, com dois passes cada.

"Os jogadores têm qualidade e assim se prepara o fruto de um clube. Ver o Adson, o Du, o Pion e Mantuan fazerem o jogo que fizeram me deixa feliz. Isso faz parte do clube. E Eu, provavelmente por ter trabalhado na base por alguns anos, tenho como projeto criar espaços para os jogadores jovens", comemorou Vítor Pereira após a vitória sobre o Juventude no último sábado, por 2 a 0. Na ocasião, Adson e Gustavo Mantuan marcaram os gols da partida.