Esportes

Messi treinará com o time na próxima semana e PSG não estima retorno de Neymar

Da Redação ·

Lionel Messi está na França desde o dia 5 de janeiro, quando testou negativo para a covid-19 na Argentina e embarcou para reapresentação ao Paris Saint-Germain. Mesmo livre do vírus, ele perdeu o jogo contra o Lyon, no fim de semana e não enfrenta o Stade Bristois no Parque dos Príncipes, neste sábado. Realizando trabalhos físicos, ele foi informado que voltará a trabalhar com os demais companheiros na próxima semana. Sobre Neymar, o clube optou pela cautela e evitou falar em retorno.

continua após publicidade

O PSG trabalha para ter suas principais estrelas inteiras nos duelo das oitavas de final da Liga dos Campeões, contra o Real Madrid, em fevereiro, e não pretende forçá-los a uma volta antecipada e desnecessária. A equipe lidera com folga o Campeonato Francês.

"Lionel Messi, cujo desenvolvimento é bom, continua seu trabalho com a equipe médica e de desempenho e retornará gradualmente ao grupo na próxima semana", informou o PSG, nem garantindo se ele participa da partida diante do Reims, dia 23, novamente no Parque dos Príncipes.

continua após publicidade

"Neymar Jr continua seu trabalho de recuperação indoor com membros da equipe médica e de performance do Centro de Treinamento Ooredoo", continuou o clube, que imaginava ter o brasileiro trabalhando no campo antes do fim do mês, mas agora opta por não fazer prognóstico.

O atacante nem foi convocado para os jogos da seleção brasileira nas Eliminatórias para trabalhar forte na França a recuperação do entorse no tornozelo esquerdo. É possível que os franceses adiem em uma semana seu retorno.

O PSG ainda informou que Denis Franchi testou positivo para covid-19. "Ele foi colocado em confinamento solitário e está sujeito ao protocolo de saúde adequado."