Esportes

Mercedes revela conserto de carro de Hamilton em 3h30 após batida em treino

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O diretor técnico da Mercedes, Mike Elliott, revelou que a equipe levou apenas três horas e meia para consertar o carro de Lewis Hamilton depois que sofreu um acidente durante a classificação para o GP da Áustria. O sete vezes campeão mundial ainda conseguiu o terceiro lugar no grid de largada.

continua após publicidade

"Há uma enorme quantidade de trabalho para preparar esses carros e, no caso de Lewis, ele causou muitos danos ao chassi, danos que não conseguimos consertar em campo. Tivemos que construir o carro dele do zero no sábado de manhã", disse Elliott.

"Então, aquele carro teve que ser construído do nada, encaixando o motor, a caixa de câmbio, toda a suspensão, todo o tipo de sistema de carro que prende o chassi, tudo teve que ser colocado no lugar e os mecânicos conseguiram fazer isso. Em três horas e meia na manhã de sábado, o que é uma conquista incrível, e todo o crédito é deles", continuou o diretor.

continua após publicidade

"E a vantagem de entrar no TL2 é que você pode realmente ter certeza de que a configuração do carro de Lewis estava certa, que o equilíbrio estava certo e que ele estava feliz com o carro a tempo para o Sprint", prosseguiu Elliott.

"Enquanto… queremos lutar na frente, queremos ser o carro mais rápido possível… em circuitos como este, acho que é um bom resultado para nós e mostra que as partes que estamos trazendo para o carro estão começando a dar o passo à frente que queremos, e espero que possamos continuar dando esses passos e nos colocarmos em uma posição em que possamos competir na frente em todas as corridas", concluiu.

A Mercedes segue para o GP da França, dia 24, em Paul Ricard, confiante de que com a superfície lisa e as longas retas so circuito a deixem com chance de desafiar Red Bull e Ferrari.