Esportes

Meligeni e Soares sofrem virada e Alemanha volta a abrir vantagem na Copa Davis

Da Redação ·

Bruno Soares e Felipe Meligeni perderam por de virada por 2 sets a 1 (6/4, 6/7 e 4/6) para a dupla alemã formada por Tim Puetz e Kevin Krawietz neste sábado, no segundo dia de disputa da fase classificatória da Copa Davis. O confronto das duplas recoloca a Alemanha em vantagem na disputa que garante vaga na fase de grupos, com duas vitórias contra uma brasileira.

continua após publicidade

O jogo no Parque Olímpico da Barra da Tijuca teve 2 horas e 26 minutos de duração e os brasileiros conseguiram abrir uma ótima vantagem com quebra já no primeiro set. A vitória no tiebreak no set seguinte recolocou os alemães no jogo e a virada veio também de forma apertada no set final.

O Brasil ainda terá mais uma chance de reverter o resultado no confronto entre Thiago Monteiro e Alexander Zverev, que também acontece neste sábado. Em caso de vitória alemã, o país garante vaga na fase final da Copa Davis. Uma vitória de Thiago Monteiro leva o duelo para o quinto jogo, novamente de simples, que seria disputado entre Thiago Wild e Jan-Lennard Struff.

continua após publicidade

"A gente sabia da dificuldade desse jogo. O grande mérito deles foi ter sacado muito tempo. Eu demorei um pouco para pegar o tempo da devolução. Faltou um pouco de sorte no início. Eles também sacaram muito bem no final. Valeu a luta, a gente sabia que ia ser no detalhe. A gente lutou até o final, não conseguiu dar este ponto, mas ainda tem muita coisa para acontecer", afirmou Bruno Soares ao fim do jogo ao SporTV.

Bruno Soares e Felipe Meligeni começaram bem o confronto, terminando o primeiro set em vantagem de 6/4. Mas os rivais da Alemanha foram mais efetivos e conseguiram igualar o duelo no segundo set, com uma vitória apertada por 7/6(4). Kevin Krawietz e Tim Puetz conseguiram atacar os serviços dos brasileiros já no tiebreak para empatar o jogo.

O terceiro set continuou muito equilibrado e o Brasil conseguiu abrir vantagem, mas a Alemanha buscava sempre o empate em seus serviços. A primeira quebra na parcial foi da Alemanha, que abriu 3 games a 2. A quebra alemã foi decisiva para o confronto e o terceiro set terminou com vitória da dupla europeia por 6/4.

As disputas entre Brasil e Alemanha foram abertas com Alexander Zverev vencendo Thiago Wild por 6/4 e 6/2. Ainda no primeiro dia de duelos, Thiago Monteiro foi muito bem ao vencer Jan-Lennard Stuff por 2 sets a 1 (6/3, 1/6 e 6/3). Agora a Alemanha conquista o primeiro "match point" do confronto.