Esportes

Medvedev avança sem sustos às oitavas em Roland Garros; Swiatek segue invicta

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O russo Daniil Medvedev não teve dificuldades para eliminar o sérvio Miomir Kecmanovic na manhã deste sábado por 3 sets a 0 e avançou sem problemas às oitavas de final do Roland Garros. O número dois do ranking da ATP chega a sua segunda semana sem perder sets e mostra que está em grande momento para o Grand Slam.

continua após publicidade

A partida na quadra Suzanne Lenglen teve duração de 1h48min e terminou com parcial de 6/2, 6/4 e 6/2. Após cirurgia no joelho, Daniil disputou apenas em Genebra e mostra estar recuperado com a vitória sobre o número 31 do mundo. O russo enfrentará o vencedor do confronto entre o croata Marin Cilic e o francês Gilles Simon nas oitavas de final.

Também na manhã deste sábado em Paris, o italiano Jannick Sinnes derrotou o americano Mackenzie McDonald também por 3 sets a 0. O número 12 do mundo triunfou com parciais de 6/3, 7/6 (8/6) e 6/3. Quem também seguiu adiante para as oitavas foi o russo Alexander Rublev, com vitória por 3 sets a 1 sobre o chileno Cristian Garin. As parciais foram de 6/4, 3/6, 6/2 e 7/6, com destaque para a disputa intensa no tie-break do último set, que terminou com placar de 13/11.

continua após publicidade

SWIATEK MANTÉM SEQUÊNCIA DE VITÓRIA

A polonesa Iga Swiatek segue mostrando por que é a número 1 do mundo. A tenista avançou neste sábado em Roland Garros com vitória tranquila por 2 sets a 0 sobre a montenegrina Danka Kovinic, por 6/3 e 7/5. Swiatek chega a 31 vitórias seguidas, rumo ao título no saibro que conquistou em 2020. A polonesa se aproxima do recorde de Serena Williams, com 34 vitórias seguidas.

A belga Irina-Camelia Begu também segue adianta nas oitavas de final, com vitória por 2 sets a 0 sobre a francesa Leolia Jeanjean. Ainda nesta manhã a russa Daria Kasatkina venceu a americana Shelby Rogers por 2 sets a 0, por 6/3 e 6/2. Já a chinesa Qinwen Zheng avançou após abandono da francesa Alizé Cornet, que perdeu os nove primeiros sets da partida.