Esportes

Medvedev assume oficialmente 1º lugar da ATP e interrompe reinado de 18 anos

Da Redação ·

Daniil Medvedev está oficialmente na primeira colocação do ranking da ATP, até então ocupada por Novak Djokovic. A atualização da classificação foi divulgada nesta segunda-feira e confirmou a ascensão do russo de 26 anos, conquistada quando ele venceu as quartas de final do ATP 500 de Acapulco, contra o japonês Yoshihito Nishioka, na semana passada.

continua após publicidade

Com o salto na tabela, o russo se torna o primeiro jogador de fora do chamado "Big Four, formado por Djokovic, Roger Federer, Rafael Nadal e Andy Murray, a alcançar a primeira colocação em 18 anos. O último a conseguir o feito foi norte-americano Andy Roddick, em 2004.

"Todo mundo estava esperando que a geração mais jovem começasse a ganhar mais eventos importantes e ocupasse os primeiros lugares no ranking", disse Murray recentemente em entrevista à ATP Media. "Daniil definitivamente merece", completou.

continua após publicidade

No jogo seguinte após confirmar a ascensão, Medvedev foi eliminado na semifinal por Rafael Nadal, mais tarde consagrado como campeão do torneio, mas o título de número 1 do mundo já estava garantido. A eliminação de Djokovic para o checo Jiri Vesely, no ATP 500 de Dubai, abriu caminho para a ultrapassagem. O torneio foi o primeiro disputado pelo sérvio na temporada, iniciada com muita polêmica para ele, barrado do Aberto da Austrália por não ter se vacinado contra a covid-19.

Dono de quatro título de ATP Masters 1000 e campeão do US Open e do ATP Finals, Medvedev atingiu mais um objetivo que perseguia há muito tempo. "Quando você é mais novo, você pensa que é impossível, e é por isso que você sonha com isso", comentou o agora número 1 do mundo após a vitória sobre Nishioka em Acapulco.

O objetivo de Medvedev foi alcançado a passos largos durante uma franca evolução iniciada em 2016, quando entrou pela primeira vez no Top 100. No ano seguinte, já integrava o Top 50. Então, passou a integrar a lista de 20 melhores em 2018 antes de se colocar entre os grandes do Top 10, em 2019, ano em que venceu três títulos em dez semanas e se tornou o número 4 do mundo. Desde maio do ano passado, estava na segunda colocação.

continua após publicidade

Além da primeira posição de Djokovic tomada por Medvedev, o top 10 teve outras alterações nesta nova atualização. Rafael Nadal, algoz do russo em Acapulco e campeão do torneio, subiu para o quarto lugar e jogou o grego Stefanos Tsitsipas para quinto, assim como Andrey Rublev, vencedor do ATP de Dubai, roubou a sexta colocação do italiano Matteo Berrettini e o deixou em sétimo

O alemão Alexander Zverev se manteve em terceiro. Mais para baixo, o norueguês Casper Rudd e o canadense Felix Auger-Aliassime também se ficaram em suas posições anteriores, oitava e nona, respectivamente. Já o décimo lugar ficou com o polonês Hubert Hurkacz, desbancando o italiano Jannik Sinner. O brasileiro melhor colocado é Thiago Monteiro, no 114º lugar.

Veja o ranking atualizado da ATP:

continua após publicidade

1º - Daniil Medved (Rússia)

2º - Novak Djokovic (Sérvia)

continua após publicidade

3º - Alexander Zverev (Alemanha)

4º - Stefanos Tsitsipas (Grécia)

6º - Andrey Rublev (Rússia)

continua após publicidade

7º - Matteo Berrettini (Itália)

8º - Casper Rudd (Noruega)

9º - Felix Auger-Aliassime (Canadá)

10º - Hubert Hurkacz (Polônia)

------------------------------------

114º - Thiago Monteiro (Brasil)