Mais lidas

    Esportes

    Esportes

    Mbappé se despede de Tuchel, mas Paris Saint-Germain não confirma demissão

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 25.12.2020, 12:34:00 Editado em 29.12.2020, 09:42:50
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Um dia após jornais europeus anunciarem a demissão de Thomas Tuchel, o atacante Kylian Mbappé se despediu publicamente do treinador nesta sexta-feira, em publicação nas redes sociais. A direção do Paris Saint-Germain, no entanto, segue sem se manifestar sobre a possível saída do treinador.

    "Infelizmente, é a lei do futebol, mas ninguém vai esquecer a sua passagem por aqui", disse o atacante. "Obrigado, treinador", completou o jogador, que também se despediu dos auxiliares técnicos. Um deles, Arno Michels, respondeu a Mbappé: "Obrigado, Kylian, foi um grande prazer."

    As notícias sobre a demissão de Tuchel surgiram na manhã de quinta-feira, como os jornais L'Équipe, da França, e Bild, da Alemanha, e a emissora inglesa Sky Sports. Se confirmada, a demissão é surpreendente, pois, na temporada passada, o treinador conduziu o time parisiense pela primeira vez em sua história à final da Liga dos Campeões, sendo derrotado pelo Bayern de Munique.

    O argentino Mauricio Pochettino, que jogou pelo clube entre os anos de 2001 e 2003 e dirigiu o Tottenham até o fim do ano passado, é o favorito para assumir o time de Neymar e companhia. Ele está sem clube desde que foi demitido da equipe inglesa em novembro de 2019, sendo sucedido por José Mourinho. O português Leonardo Jardim e o italiano Massimiliano Allegri também são especulados pela imprensa europeia.

    O motivo do suposto desligamento de Tuchel no comando da equipe seria o relacionamento ruim dele com a direção. Em recente entrevista a um canal de TV alemão, o treinador disse que o PSG não se comportava como um clube grande e também chegou a reclamar da ausência de reforços no início da atual temporada, criando um atrito com o brasileiro Leonardo, diretor de futebol. Ele estava no comando da equipe francesa há um ano e meio e tinha contrato até junho de 2021.

    O curioso é que a última notícia colocada no site do Paris Saint-Germain traz o título "Estou muito feliz", referindo-se aos elogios de Tuchel ao time, após a vitória por 4 a 0 sobre o Strasbourg, na quarta-feira, em duelo válido pela 17ª rodada do Campeonato Francês, competição na qual a equipe está em terceiro lugar, um ponto atrás de Lyon e Lille.

    O PSG também faz boa campanha na Liga dos Campeões, está classificado para as oitavas de final e vai encarar o Barcelona.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Esportes

    Deixe seu comentário sobre: "Mbappé se despede de Tuchel, mas Paris Saint-Germain não confirma demissão"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.