Esportes

Max Verstappen fala em injustiça e diz que Hamilton o tirou da pista na Arábia

Da Redação ·

A Fórmula 1 chega para a sua 22.ª e última etapa da temporada 2021, o GP de Abu Dabi, com dois pilotos - Max Verstappen e Lewis Hamilton - empatados na classificação geral com 369,5 pontos e muita polêmica. Nesta quinta-feira, dia de atividades nos bastidores como entrevistas coletivas dos pilotos e chefes de equipe, o holandês da Red Bull, punido cinco vezes na corrida anterior, na Arábia Saudita, considera que foi vítima de uma grande injustiça pelas punições e, mais que isso, garantiu que foi o inglês da Mercedes que agiu para tirá-lo da pista no circuito urbano de Jeddah.

continua após publicidade

Após a prova no domingo passado, Verstappen disse que a reação dele e dos fãs provaram que atualmente fala-se mais em regras e punições do que corridas na Fórmula 1 e, nesta quinta-feira em Abu Dabi, o piloto da Red Bull afirmou que "claramente as coisas não valem para todos aqui".

"As coisas que fiz em termos de defesa, dois outros caras também fizeram, e eles sequer foram mencionados ou receberam uma punição. Então não entendo porque achei que estava apenas tendo uma pilotagem mais dura. O que aconteceu, para mim, não merecia punição e claramente as outras duas pessoas que fizeram isso não receberam, claramente sou o único que recebe. Claro, lutando pela ponta, as pessoas são um pouco mais críticas, mas eu não entendo", disse.

continua após publicidade

Verstappen banca que não fez nada de errado ao longo da corrida, embora tenha sido obrigado a devolver a posição três vezes por levar vantagem indevida, receber cinco segundos por causar uma saída da pista a Hamilton e mais 10 segundos pelo "brake test" também ao rival. Segundo ele, ao contrário: Hamilton o tirou da pista e ainda encarou enquanto fazia.

"Não acho que eu estava errado, mas, de alguma forma, apenas eu estava errado. Outras pessoas fizeram exatamente a mesma coisa e não foram punidos porque nós dois saímos da pista. Ficamos do lado de fora da linha branca na curva 1. De alguma forma, julgaram que foi culpa minha, algo com que não concordo. A outra punição também, não concordo com ela, depois ele (Hamilton) me empurrou para fora da pista", afirmou.

"Até olhou para mim e simplesmente não fez a curva, empurrou para fora da linha branca na borda da pista e recebeu somente um aviso. Definitivamente, não é como deveria e não é justo, porque outros pilotos podem fazer coisas diferentes e parece que só eu recebo punição. No fim das contas, as críticas sempre existem, mas, para mim, não foi justo e fui tratado diferente dos outros. Claramente, outros pilotos podem escapar com isso e eu, não. É um problema", finalizou.