Esportes

Marinho revela principal objetivo em acerto com Flamengo: 'Vim para ser campeão'

Da Redação ·

Contratado na semana passada, Marinho foi oficialmente apresentado no Flamengo nesta segunda-feira em uma entrevista coletiva no CT Ninho do Urubu, no Rio de Janeiro, acompanhado de dirigentes do clube rubro-negro. O atacante falou sobre os desafios à frente do time e revelou o principal objetivo depois que deixou o Santos.

continua após publicidade

"Passei uma pequena fase que não foi tão legal, mas estou motivado para retomar o caminho. O trabalho é o que fica e quanto mais a gente trabalha, mais próximos estamos do sucesso. Eu tenho objetivos, vim para ser campeão. Vim focado e quero trabalhar, é isso que vai me fazer crescer também", garantiu.

Marinho desembarcou no Rio de Janeiro na última quinta-feira e, na mesma semana, foi ao CT Ninho do Urubu para realizar exames médicos. O jogador, inclusive, já foi apresentado ao técnico português Paulo Sousa e ao restante do elenco e realizou as primeiras atividades.

continua após publicidade

Como fez boa parte da pré-temporada no Santos - que recebeu R$ 7 milhões para liberar o jogador -, Marinho já chega ao Flamengo pronto para estrear. O atacante aguarda, apenas, a regularização junto à CBF para ficar à disposição.

"É uma situação que todo jogador quer passar, de estar em um clube como Flamengo. Parece que a ficha não caiu ainda, eu chego no hotel e parece que não é verdade. Chego aqui no Ninho e não parece verdade", comentou Marinho, antes de completar:

"Desde já, quero agradecer nosso torcedor por todo carinho desde que recebi. Peço desculpas aos torcedores e a imprensa que estavam no aeroporto, tivemos um problema de logística. Peço desculpa a quem não conseguiu me abraçar e nem me ver, então deixo esse recado aí para eles", prosseguiu o atacante.

continua após publicidade

PAI - Marinho fez questão de render homenagens ao pai, José, que é rubro-negro declarado. "Eu queria chamar meu pai para vestir essa camisa comigo. Como eu falei, é a primeira vez que meu pai vem em apresentação na minha carreira e nada melhor do que realizar o sonho dele e da minha família", disse.

Depois da fala de Marinho, foi a vez de seu pai fazer um pronunciamento. Emocionado, falou sobre o sonho de ver o filho defendendo o Flamengo. Além disso, aproveitou a oportunidade para revelar uma história curiosa da época em que o atleta defendia o Santos, quando ele comemorou um gol do clube carioca e brigou com a esposa.

"Quero agradecer a Deus por estar aqui e recebido esse convite do meu filho. Eu não tenho palavras. Parece que a ficha não caiu, Deus está aqui. Não dá nem para acreditar, eu nunca esperei isso e sempre pedi pra ele jogar no time que eu mais amo. Teve até um jogo do Santos contra o Flamengo e eu torci pelo Flamengo, quando ele fez um gol, e minha esposa não gostou. Foi dormir só com raiva. Chegou o momento. É uma grande honra representar essa Nação. Quero desejar um bom trabalho para o meu filho e um beijo para os flamenguistas", afirmou o seu José.