Esportes

Manchester United e Barcelona buscam reação na Liga dos Campeões

Da Redação ·

Acostumados a serem protagonistas da Liga dos Campeões, Barcelona e Manchester United fizeram estreias desastrosas, há duas semanas. E, nesta quarta-feira, a partir das 16 horas (de Brasília), terão a chance de iniciar a reação contra rivais de menor expressão do torneio europeu. A rodada ainda terá Bayern de Munique em campo e o duelo entre Juventus e Chelsea.

continua após publicidade

O Barcelona voltará a campo pela Liga após levar 3 a 0 do próprio Bayern no Camp Nou. Na sequência, empatou dois jogos no Campeonato Espanhol. E, no domingo, venceu o Levante por 3 a 0, recuperando parte do moral do time, que agora terá o Benfica, do técnico Jorge Jesus e do zagueiro brasileiro Lucas Veríssimo, pela frente.

O jogo não é definitivo para a classificação do Barça para a fase de mata-mata, mas pode ser decisivo para o técnico Ronald Koeman. Sob pressão, ele sabe que seu emprego corre risco. "O Benfica é um clube enorme, sei por experiência como eles são. Será um jogo empolgante e precisamos obter um bom resultado", admitiu o treinador.

continua após publicidade

Ele aposta nas voltas de Pedri e Ansu Fati para mostrar um futebol superior ao da estreia. A dupla se recuperou de lesão e deve ser a principal aposta do Barça em Lisboa. Fati voltou ao time no domingo e, entrando no segundo tempo, deixou sua marca vestindo a camisa 10, que era de Lionel Messi. Seu bom retorno reavivou as expectativas da torcida catalã. Mas Fati, de apenas 18 anos, não deve ser titular nesta quarta, por falta de ritmo.

Pelo mesmo Grupo E, o Bayern vai tentar confirmar o status de favorito da chave diante do Dínamo de Kiev, na Alemanha. Em bom momento, o técnico Julian Nagelsmann só não terá a sua disposição Corentin Tolisso e Kingsley Coman, lesionados. Já o Dínamo tenta a primeira vitória, após empatar sem gols com o Benfica na estreia, na Ucrânia.

No Grupo F, o Manchester United vive situação semelhante a do Barcelona, com a diferença de que conta com Cristiano Ronaldo em seu elenco. Contra o Villarreal, o português vai tentar fazer o que não conseguiu na rodada de abertura, na derrota para o modesto Young Boys, por 2 a 1. Na ocasião, o atacante deixou sua marca, mas não foi o suficiente.

continua após publicidade

Mais uma vez a preocupação do técnico Ole Gunnar Solskjaer é com a defesa, principalmente após perder o zagueiro e capitão Harry Maguire, machucado no fim de semana. O lateral-esquerdo Luke Shaw, também com dores, ainda é dúvida. No ataque, Marcus Rashford segue em recuperação e ainda não deve voltar ao time nesta quarta.

Líder do grupo justamente após vencer o United, o Young Boys vai visitar a Atalanta, que ficou no 2 a 2 com o Villarreal na rodada de abertura.

Outro aguardado confronto desta quarta reunirá Juventus e Chelsea, atual campeão europeu. O time de Londres terá desfalques importantes, a começar pelo volante N'Golo Kanté, cortado de última hora por testar positivo para a covid-19. Outras baixas são o atacante Christian Pulisic, o meia Mason Mount e o zagueiro Reece James, devido a lesões. A Juventus, por sua vez, não terá Paulo Dybala e Álvaro Morata, também por questões físicas.

continua após publicidade

Os dois gigantes europeus vêm de vitória na estreia. Os italianos superaram o Malmö por 3 a 0, na Suécia. O Chelsea bateu o Zenit por 1 a 0, em Londres. Os ingleses vêm de derrota para o Manchester City por 1 a 0, no fim de semana, pelo Campeonato Inglês. Mas estão em situação mais favorável em sua liga nacional do que a Juventus. Figuram no terceiro posto, enquanto a equipe de Turim é apenas o 10º colocado. Na outra partida da chave, Zenit e Malmö se enfrentam na Rússia.

Pelo Grupo G, sem as maiores estrelas da competição, Wolfsburg e Sevilla vão fazer o melhor jogo do dia, na Alemanha. A outra partida terá Salzburg x Lille, na Áustria.