Esportes

Manchester City bate Burnley e evita ultrapassagem do Liverpool no topo do Inglês

Da Redação ·

O Manchester City entrou em campo neste sábado pressionado pela ultrapassagem do Liverpool na liderança do Campeonato Inglês, mas mostrou qualidade para vencer o Burnley por 2 a 0 e retomar o topo da tabela. O triunfo do time de Pep Guardiola no estádio Turf Moor, pela 31ª rodada, recoloca o City com um ponto de vantagem na liderança.

continua após publicidade

Liverpool e City se encontram na próxima rodada, em partida marcada para 10 de abril, na mesma semana em que jogam as quartas de final da Liga dos Campeões, contra Benfica e Atlético de Madrid, respectivamente. O Manchester City possui 73 pontos, contra 72 do Liverpool e os times estão com o mesmo número de jogos.

Lá no outro extremo da tabela, o Burnley, que chega a quatro derrotas seguidas, ocupa a 19ª posição, com 21 pontos e estaria rebaixado neste momento. O Burnley faz confronto direto contra o Everton na próxima rodada.

continua após publicidade

Mesmo fora de casa, o Manchester City encontrou tranquilidade para construir boa vantagem no primeiro tempo. Sterling recebeu passe dentro da área e escorou a bola para uma batida certeira de Kevin De Bruyne, que abriu o placar logo aos quatro minutos de jogo. O domínio do time de Pep Guardiola seguiu e os mesmos personagens criaram a jogada do segundo gol aos 24 minutos. Kevin De Bruyne acionou Sterling em profundidade e o ponta do Manchester City cruzou na medida para chute de primeira de Gundogan.

O time da casa se soltou mais no segundo tempo. O City jogou mais em velocidade, enquanto o Burnley encontrou alguns bons lançamentos para o ataque, um deles quase recolocou o time no jogo em um cabeceio de Cornet, mas o zagueiro Nathan Aké deu um carrinho para tirar a bola em cima da linha.

Já na reta final, Gabriel Jesus recebeu cruzamento de Bernardo Silva e finalizou de primeira na trave. No rebote, o brasileiro bateu para fora. Jesus entrou bem na partida e foi muito participativo, ajudando nos ataques do time de Manchester. O placar de 2 a 0 a favor do time visitante permaneceu até o apito final.