Esportes

Manchester City anuncia acordo com Borussia Dortmund por Haaland

Da Redação ·

Após meses de especulação e muita expectativa, o Manchester City enfim anunciou nesta terça-feira um acordo com o Borussia Dortmund para contratar o atacante Erling Haaland. Sem dar detalhes sobre a negociação, o clube inglês informou que ainda está para definir o acerto com o próprio jogador.

continua após publicidade

"O Manchester City pode confirmar que nós chegamos a um acordo inicial com o Borussia Dortmund para a transferência do atacante Erling Haaland para o clube no dia 1º de julho de 2022", anunciou o clube inglês, em seu site. "A transferência ainda depende da finalização dos termos entre o clube e o jogador."

O clube não informou um prazo para formalizar a contratação do reforço norueguês de 21 anos. De acordo com a imprensa inglesa, o City vai desembolsar cerca de 70 milhões de euros (equivalente a R$ 375 milhões) para pagar a multa contratual de Haaland com o Borussia Dortmund.

continua após publicidade

Com o acerto, o City vence a disputa com alguns dos principais clubes da Europa, que também estavam interessados no atleta. Anteriormente, Real Madrid, Barcelona e Paris Saint-Germain foram especulados como potenciais destinos para o jogador. A morte de Mino Raiola, empresário do norueguês, chegou a movimentar especulações de que a negociação poderia ser atravessada, o que não ocorreu.

Ainda segundo a imprensa inglesa, o jogador deve receber salário anual que supera 20 milhões de euros (cerca de R$ 108 milhões). Os números não foram confirmados pela direção do City.

Haaland vem sendo o grande nome do futebol europeu nos últimos dois anos. O atacante acumula o incrível retrospecto de 85 gols em 88 jogos desde sua estreia pelo Borussia, em janeiro de 2020. Ele foi eleito o melhor jogador sub-21 de 2020, o craque do Campeonato Alemão da temporada passada e o melhor atacante da edição passada da Liga dos Campeões.

O norueguês chega para ocupar a lacuna deixada pelo argentino Sergio Agüero, que deixou o City no ano passado. A chegada do reforço pode reduzir o espaço do brasileiro Gabriel Jesus na equipe de Pep Guardiola, que vem dando mais oportunidades ao ex-jogador do Palmeiras na reta final da atual temporada.