Esportes

Luan se vê pronto para ajudar o Palmeiras após quase quatro meses em tratamento

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O zagueiro Luan pode ser a grande novidade do Palmeiras no jogo entre líderes com o Atlético-MG, domingo, no Allianz Parque. O defensor está recuperado de grave lesão muscular na coxa esquerda que o tirou dos gramados por quase quatro meses, e se vê pronto para voltar a ajudar o time em campo.

continua após publicidade

Luan não joga desde o dia 12 de fevereiro. O Palmeiras optou por não precipitar um retorno, fez um trabalho intenso e agora ele está em plenas condições de reforçar o time no Brasileirão. Pode ser companheiro de Murilo contra os mineiros, com o qual disputa a vaga ao lado de Gustavo Gomez nas próximas rodadas.

"Primeiramente, agradecer a todos que passaram comigo por esse momento chato, que nenhum jogador quer passar, mas, às vezes acontece, por mais que a gente se cuide e faça as coisas da maneira certa. Estou feliz por ter superado mais esse obstáculo e, graças a Deus, estou em um grande clube, que me fornece a melhor estrutura e profissionais capacitados que me ajudaram muito na recuperação", agradeceu Luan. "Hoje me encontro bem, saudável e 100% para fazer o que mais amo, que é jogar futebol", continuou o defensor. Durante a transição física, o zagueiro participou de amistosos com o time sub-20 e até de um jogo-treino contra o Ska Brasil-SP.

continua após publicidade

"Por ter sido uma lesão séria, que envolve músculo e tendão, e um pouco traiçoeira, o clube preferiu adotar cautela para que eu não tivesse outra lesão em seguida no mesmo local, e considero que tudo foi feito da melhor maneira", avaliou. "Primeiro, os treinos físicos, depois fui sendo introduzido aos poucos ao grupo e, por fim, fiz alguns amistosos com os juniores. Então, me sinto pronto para esse momento, que é muito bom para o grupo, e agora é dar sequência ao trabalho."

Luan revelou que "sofreu" bastante no modo torcedor e não pensa mais em ficar fora dos jogos. "Eu falei com a minha mulher que não aguentava mais ver os jogos porque a gente se acostuma tanto a estar ali dentro, vivendo as emoções de dentro do campo. Estar fora só nos resta levantar as mãos para o céu e torcer para os companheiros. Mas o grupo está de parabéns por tudo o que vem fazendo. Espero poder voltar para ajudar, somar e conquistar ainda mais, porque é isso o que nos move, é o que nos traz até aqui todos os dias."

Luan ainda festejou a possível volta com o Allianz Parque lotado e espera retribuir o carinho e apoio da torcida com uma grande vitória sobre o Atlético-MG. "Desenvolvemos nestes dias um bom plano de jogo e fico feliz por saber também que a minha volta será com o estádio cheio, o que já era de se esperar porque a nossa torcida sempre comparece. Estou feliz e ansioso e espero que possamos fazer um grande jogo domingo e sair com os três pontos", concluiu.