Esportes

Léo de Deus brilha no Mare Nostrum e fatura bronze nos 200m borboleta

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Em uma competição que reuniu os principais nadadores do mundo, Leonardo de Deus foi um dos destaques do evento ao faturar a medalha de bronze nos 200 metros borboleta. No primeiro dia do Mare Nostrum, realizado em Mônaco, ele ficou com o terceiro lugar com o tempo de 1min57s14.

continua após publicidade

Na prova, o campeão olímpico Chad Le Clos, da África do Sul, teve trabalho para garantir a prata, com o tempo de 1min56s74, enquanto o suíço Noe Ponti ficou com o ouro, com 1min56s51.

No primeiro dia de competição, o Brasil teve três representantes na decisão dos 100m livre. No entanto, a medalha não veio. O ouro ficou com o francês Maxime Grousset com 48s70. A Hungria ficou com a prata e o bronze, com Nandor Nemeth (49s13) e Szebtasitan Szabo (49s14).

continua após publicidade

Gabriel Santos foi o melhor colocado na disputa e terminou em quarto lugar ao marcar 49s22. Breno Correia veio logo atrás com 49s26 e Marcelo Chierighini terminou na sétima posição, com 49s74.

Nos 400m livre, o medalhista olímpico Fernando Scheffer chegou a liderar a disputa. Especialista nos 200 metros, ele não conseguiu manter o ritmo da largada e terminou a prova em sexto lugar, com o tempo de 3min53s89. O vencedor foi o sul-africano Matthews Sates, que levou o ouro com 3min49s37. O suíço Antonio Djakovic ficou com a prata, com 3min50s65, e o estoniano Kregor Zirk terminou em terceiro, com 3min51s71.

Nos outros resultados de hoje, Bruno Fratus se classificou às semifinais dos 50m livre em primeiro lugar, com o tempo de 21s85. Nas quartas dos 50m borboleta, Nicholas Santos se classificou com o melhor tempo ao fazer 23s14. Nos 50m peito, João Luiz Gomes foi para a semifinal com o melhor desempenho ao nadar em 27s25.

continua após publicidade

Um dos circuitos mais prestigiados da natação mundial, o Mare Nostrum estreou na temporada 2022 neste sábado. Haverá etapas ainda em Barcelona e Canet nas próximas semanas. Os nadadores brasileiros encaram a competição como preparação para o Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, em junho, em Budapeste, na Hungria.

ANA MARCELA CUNHA BRILHA

A campeã olímpica em Tóquio, no ano passado, voltou a brilhar no Aberto da Espanha. Um dia após vencer a prova dos 10 km, a nadadora brasileira conquistou o ouro no Campeonato Espanhol de Águas Abertas com o tempo de 56min42s nos 5 km.