LeBron brilha, Lakers vencem fácil Heat e faturam título dedicado a Kobe - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Esportes

LeBron brilha, Lakers vencem fácil Heat e faturam título dedicado a Kobe

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O Los Angeles Lakers venceu fácil o Miami Heat para conquistar o título da temporada 2019/2020 da NBA, o 17º da sua história. Neste domingo, fez 106 a 93, no sexto jogo da decisão, fechando a série decisiva em 4 a 2, encerrando com uma supremacia indiscutível o campeonato concluído na "bolha" da liga no complexo da Disney na Flórida.

A conquista encerra um jejum de dez anos dos Lakers sem ser campeão da NBA. E ainda o faz igualar o Boston Celtics como o maior vencedor do campeonato. Mais do que isso: além de vencer um campeonato único, disputado em meio à pandemia do coroanvírus, a taça veio após uma tragédia envolvendo um dos maiores ídolos da sua história.

Afinal, em 26 de janeiro, um acidente aéreo matou Kobe Bryant e outras nove pessoas, incluindo uma das suas filhas, Gianna. E foi com ele em quadra que os Lakers haviam conquistado o seu último título, em 2010.

Agora, aquela conquista foi sucedida pela do time dos astros LeBron James e Anthony Davis, que liderou a Conferência Oeste, com 52 triunfos e 19 derrotas. Depois, nos playoffs passou por Portland Trail Blazers, Houston Rockets e Denver Nuggets, todos por 4 a 1.

Na decisão, os Lakers ganharam o primeiro (116 a 98) e o segundo confrontos (124 a 114), com o Heat reagindo no terceiro (115 a 104). Já no quarto, a equipe de Los Angeles triunfou (102 a 96), perdendo o quinto (111 a 108). E neste domingo massacrou a equipe da Flórida para dedicar o título ao seu ídolo.

Para isso, contou com um "triple-double" de LeBron, com 28 pontos, 14 rebotes e dez assistências. Já Davis, brilhante na defesa, somou 19 pontos e 15 rebotes. Bam Adebayo foi o destaque do Heat, com 25 pontos e dez rebotes. E Jimmy Butler, em noite irregular, somou 12 pontos, oito assistências e sete rebotes.

O JOGO - Os Lakers começaram a partida com uma grande novidade na escalação, a presença de Alex Caruso na vaga que vinha sendo de Dwight Howard. Ganhou em dinamismo e na transição. E foi com essa mudança que o time dominou o primeiro quarto, nunca estando atrás no placar até o final da decisão.

O Heat até acionou Goran Dragic, que não atuava desde o primeiro duelo por causa de uma lesão, mas não foi suficiente para impedir o revés por 28 a 20, pois a defesa dos Lakers funcionava muito bem. Ainda mais que LeBron teve grande início no jogo, com nove pontos, cinco rebotes e três assistências. E pesou para isso o domínio do garrafão, de onde o time de Los Angeles fez 18 pontos, contra apenas 4 do Miami.

Mas se o primeiro quarto ainda teve algum equilíbrio, o restante do jogo foi um massacre dos Lakers, com o segundo período sendo determinante para a conquista, tendo sido vencido por 36 a 16, muito por causa do brilhante desempenho de Rajon Rondo. Os times foram o intervalo com o placar de 64 a 36. O Heat falhou ao tentar igualar o jogo em tentativas de três. E o time de Los Angeles aproveitou para acelerar o ritmo, dominar o garrafão e atropelar o seu adversário.

Na volta do intervalo, a partida passou a ter caráter meramente protocolar. E, desse modo, o terceiro quarto enfim teve alguma igualdade, tanto que o Lakers "só" ampliou a sua vantagem em um ponto, para 87 a 58. Mas, de fato, faltavam apenas 12 minutos para a conquista do título.

O Heat, porém, não deixou de lutar. E diminuiu a sua desvantagem para 21 pontos - 90 a 69 - a 8min37 do fim. Mas não foi muito além disso. E embora tenha cortado a diferença ao fim do duelo para 13, em 106 a 93, não impediu o inevitável: a conquista do título pelos Lakers.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "LeBron brilha, Lakers vencem fácil Heat e faturam título dedicado a Kobe"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.