Esportes

Larissa Pimenta e Rafael Silva vão a Lima defender título e buscar pontos no judô

Da Redação ·

Os judocas brasileiros sabem que não tiveram um desempenho bom nos Jogos de Tóquio e já miram Paris-2024. Querendo mostrar que podem voltar com um medalha olímpica no peito daqui dois anos, Larissa Pimenta e Rafael Silva, o Baby, defendem a partir desta sexta-feira seus títulos no Campeonato Pan-Americano e da Oceania que ocorre em Lima, no Peru.

continua após publicidade

Larissa, única atleta da seleção brasileira da categoria até 52 quilos em Lima, entra no dojô nesta sexta-feira. Já Baby, dono de duas medalhas olímpicas, defende o título boa pesados (+ 100 quilos) no sábado. A dupla também está escalada para a disputa por equipes, no domingo.

"Tenho trabalhado muito para alcançar o desempenho desejado, mantendo a calma e treinando muito para me sentir preparada nos próximos desafios. Mas eu sou movida a desafios e chegarei com muita energia para disputar este Pan-Americano e dar o meu melhor", afirmou Larissa, confiante em repetir o grande desempenho da edição passada.

continua após publicidade

Não menos confiante, Baby quer mostrar que o pode ir muito bem no torneio mais uma vez aponta o cubano Andy Granda e o equatoriano Freddy Figueroa como os principais oponentes na busca pelo topo do pódio em Lima.

"Estou bastante feliz em estar competindo internacionalmente, após nove meses fora do circuito. A 'digestão do resultado em Tóquio não foi tão fácil, pois não tive um bom desempenho. Mas ao mesmo tempo, a gente aprende muito com a derrota também", avaliou Rafael Silva. "Analisei como tudo foi feito, como ocorreu toda a preparação para a Olimpíada e aí fui treinando, pensando em como melhorar. Por tudo isso, o resultado no Grand Slam de Tel Aviv foi muito bom e mostrou que o processo atual está funcionando", completou Baby.