Esportes

Kyrgios e Kokkinakis vencem final 'caseira' e conquistam Aberto da Austrália

Da Redação ·

Em uma decisão 100% australiana, os tenistas Nick Kyrgios e Thanasi Kokkinakis conquistaram o título do Aberto da Austrália de duplas masculinas neste sábado, quando conseguiram uma vitória por 2 sets a 0 sobre os compatriotas Matthew Ebden e Max Purcell, na manhã deste sábado (horário de Brasília), na Rod Laver Arena. As parciais foram de 7/5 e 6/4.

continua após publicidade

Com o triunfo, os vencedores dispararam no ranking mundial. Kyrgios dará um salto da 259ª colocação para assumiu a 40ª posição da classificação geral, enquanto Kokkinakis ultrapassará 388 tenistas para ficar com o 46º lugar. Além de render a escalada na tabela, o título conquistado em casa quebrou dois tabus australianos.

A última conquista de uma dupla do país no Aberto da Austrália havia sido 1997, com Todd Woodbridge e Mark Woodforde, que também eram, até este sábado, os últimos australianos a vencerem um Grand Slam juntos. Os dois foram campeões em Wimbledon, em 2001. A partir daí, começou o longo jejum encerrado com a conquista de Kyrgios e Kokkinakis.

continua após publicidade

"Essa semana tem sido um sonho se tornando realidade para mim. Eu não queria fazer isso com nenhuma outra pessoa", disse Kyrgios, exaltando o parceiro, antes de destacar a qualidade dos adversários. "Max chegou à final duas vezes, o que prova que ele é um espetáculo como jogador de duplas. Matty também tem uma grande carreira, então estou super feliz", completou.

O dia em Melbourne foi histórico para o tênis australiano de uma forma geral. Antes da decisão das duplas masculinas - foi a primeira totalmente australiana na categoria desde 1980 -, a tenista número 1 do ranking da ATP, Ashleigh Barty, conquistou o simples feminino ao derrotar a norte-americana Danielle Collins e encerrar um jejum que já perdurava 44 anos. Desde 1978, uma tenista australiana não vencia o Aberto da Austrália.