Esportes

Jogadoras do Corinthians festejam título paulista e tríplice coroa: 'Ano mágico'

Da Redação · GoogleNews

Siga o TNOnline
no Google News

Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

O famoso "eu já sabia" prevaleceu entre as jogadoras do Corinthians após a vitória por 3 a 1 sobre o São Paulo e a conquista da inédita tríplice coroa. O título do Campeonato Paulista fecha a temporada de maneira perfeita, com as taças do estadual, do Brasileirão e da Copa Libertadores, todas no gramado da Neo Química Arena nesta quarta-feira. Autoras dos gols, Gabi Zanotti e Adriana festejaram o "ano mágico" garantindo que tinham certeza que iam anotar gol na decisão.

continua após publicidade

"Eu passei o jogo inteiro esperando por uma bola. Falei que a primeira que viesse eu ia fazer e aconteceu", festejou Adriana, artilheira do Corinthians no Paulistão com 8 gols ao lado de Miriã, apenas na reserva na decisão, autora do terceiro e decisivo gol no triunfo aos 45 minutos do segundo tempo.

"Um dos anos mais marcantes para o Corinthians", seguiu Adriana, que sofreu com episódio de racismo na semifinal da Libertadores diante do Nacional do Uruguai. "Pedi a Deus que me desce uma noite mágica e só tenho a agradecer. A Zanotti foi decisiva escalada como 9 e eu fui feliz com esse gol do título para coroar um ano mágico."

continua após publicidade

Autora dos dois primeiros gols na lotada Neo Química Arena, a experiente Gabi Zanotti, de 36 anos, estava radiante após o jogo, mostrando que não é a craque do time por acaso. "Sabíamos da qualidade do São Paulo e viemos com uma estratégia um pouco diferente, para um jogo de superação. O grupo está de parabéns", afirmou a artilheira da noite, antes de revelar quão confiante estava para brilhar na final.

"Eu sabia que ia fazer gol. Anotamos três no Palmeiras, quatro no (Avaí) Kindermann... Esse time não passa sem marcar gols em casa. Temos de agradecer a fiel, Paulista, Brasileiro, Libertadores, é tudo nosso."

Foram 15 jogos disputados, com 13 vitórias e impressionantes 55 gols anotados pelo melhor ataque do Campeonato Paulista. Frutos do ótimo trabalho do técnico Arthur Elias, que elogiou a postura do seu time. "Achei que tivemos intensidade e qualidade. Marcamos muito bem o São Paulo e conseguimos nos impor dentro de casa", observou. "Acabamos sofrendo um gol em um erro, que fica mais na minha conta pela forma de jogar. Mas estou muito feliz por termos honrado essa camisa e o nosso trabalho."