Esportes

Jacky Godmann termina em 6º e é eliminado nas quartas do C1 1000m em Tóquio

Da Redação ·

Jacky Godmann encerrou sua participação nos Jogos Olímpicos de Tóquio noite de quinta-feira, manhã de sexta-feira em Tóquio. O jovem canoísta brasileiro, de 22 anos, foi eliminado nas quartas de final no C1 1000m após ficar na sexta colocação em sua bateria. Apenas os dois primeiros avançam.

continua após publicidade

No início da semana, Jacky já havia ficado fora do pódio com Isaquias Queiroz no C2 1000m, terminando em quarto na final. Já Isaquias entrou na água antes nesta quinta e avançou direto à semifinal da canoagem velocidade no C1 1000m porque venceu sua bateria, com o melhor tempo entre todos os competidores.

Jacky terminou o percurso em sexto com o tempo de 4min18s208. A bateria foi vencida pelo polonês Wiktor Glazunow, que marcou 4min07s632, seguido pelo canadense Connor Fitzpatrick, com 4min09s622. Outros quatro canoístas, dois em cada uma das outras duas baterias de quartas de final, garantiram vaga nas semifinais, que serão disputadas em duas baterias na noite de sexta-feira, às 21h44 e 21h52 (de Brasília).

continua após publicidade

O jovem canoísta brasileiro fez uma boa largada nesta quinta-feira e passou os primeiros 250 metros em terceiro. No entanto, passados 500m ele já era o quinto colocado. Nos 750m, caiu para sexto, sua posição final.

Antes das quartas, Jacky competiu na fase classificatória e terminou em quarto lugar na sua bateria, com a marca de 4m24s732. Em busca de uma vaga na semifinal, ele melhorou o seu tempo em mais de 6s, marcando 4m18s208, mas não foi o suficiente para se classificar às semifinais.

Baiano natural de Itacaré, Jacky Godmann disputou em Tóquio sua primeira Olimpíada. O jovem canoísta entrou na competição de última hora após Erlon de Souza, medalhista no Rio-2016 competindo no C2 1000m com Isaquias, sofrer uma lesão que resultou em seu corte às vésperas dos Jogos Olímpicos.