Esportes

Jabeur bate Pegula em Madri e vence 1º WTA 1000; Zverev faz final com Alcaraz

Da Redação ·

Em uma final bastante equilibrada neste sábado, a tunisiana Ons Jabeur levou a melhor e conquistou o WTA 1000 de Madri, o primeiro título dela na disputa de torneios deste nível. A conquista inédita veio com uma vitória por 2 sets a 1 (parciais de 7/5, 0/6 6/2) diante da americana Jessica Pegula. Enquanto isso, no Masters 1000, também em território madrilenho, Alexander Zverev se vingou de Stefanos Tsitsipas e fará a final contra Carlos Alcaraz.

continua após publicidade

Na decisão feminina, a boa performance das competidores terá reflexo também no ranqueamento. Campeã, a tunisiana pula para a sétima colocação no ranking WTA, enquanto Pegula fica com o 11º posto. No duelo particular, a final deste sábado serviu ainda para um pequeno tira-teima. Até a decisão do título de Madrid, o retrospecto apontava duas vitórias para cada uma.

Na cerimônia de premiação, Jabeur fez questão de agradecer o empenho da equipe e festejou a conquista depois de ter perdido algumas finais. Aos 27 anos, Jabeur, que estava em sua sexta final de simples no circuito, só havia sido campeã em um torneio na grama, em 2021, em Birmingham, quando se tornou a primeira árabe a ganhar um título de simples da WTA. "Muito feliz pela conquista. Mal posso esperar para voltar à próxima edição do torneio", afirmou a tunisiana que prometeu também estudar para melhorar a fluência no espanhol.

continua após publicidade

Em quadra, cada tenista foi soberana em um set. Enquanto o primeiro foi mais equilibrado, com ligeira supremacia de Jabeur, o segundo foi totalmente dominado por Pegula. O terceiro set, que definiu o título em favor da tunisiana, começou com quebras de serviço nos três primeiros games. Com mais uma quebra no sétimo game, Jabeur sacou para o título em 5/2 e fechou o set em 6/2 confirmando o primeiro lugar e o título do torneio.

ZVEREV AVANÇA À FINAL

Mais tarde, Alexander Zverev reencontrou Stefanos Tsitsipas, seu algoz na semifinal de Monte Carlo, e levou a melhor na revanche, disputada na semifinal do Masters 1000 de Madri. O alemão venceu o grego por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/2, para avançar à final, na qual enfrentará Carlos Alcaraz, responsável pela eliminação de Novak Djokovic na outra semi.

continua após publicidade

"Eu estou extremamente feliz de estar na final aqui. Eu sei que vai ser uma partida extremamente difícil amanhã, mas eu tenho esperança de que eu sou capaz de jogar o meu melhor e de dar uma chance a mim", comentou Zverev, atual número 3 do mundo, depois da partida.

Contra Alcaraz, o alemão buscará o sexto troféu do nível Masters 1000 para encerrar um jejum de títulos iniciado após o ATP Finals da temporada passada, em novembro. No retrospecto contra o jovem espanhol de 19 anos, contra quem jogou duas vezes, Zverev tem duas vitórias, uma em Acapulco e outra em Viena. A final está prevista para começar às 13h30 deste domingo.