Esportes

Itália vence Turquia e fará final inédita com Brasil na Liga das Nações de vôlei

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

A Itália será adversária do Brasil na decisão da Liga das Nações de vôlei feminino, neste domingo, em Ancara, na Turquia, às 12h30 (de Brasília). A equipe europeia derrotou na tarde deste sábado as donas da casa por 3 sets a 0, com parciais de 25/18, 28/26 e 25/22, também na capital turca.

continua após publicidade

A seleção brasileira avançou à final ao vencer mais cedo a Sérvia por 3 sets a 1, de virada, com parciais de 14/25, 25/18, 26/24 e 25/19. Em 14 jogos no torneio, o time comandado por José Roberto Guimarães perdeu apenas duas vezes: para os Estados Unidos e justamente para a Itália, ambas na fase de grupos.

Se o Brasil teve vida difícil contra a Sérvia, a Itália passou pela Turquia com um pouco mais de tranquilidade. A seleção finalista abriu vantagem ao vencer o primeiro set por 25 a 18. A Turquia fez um grande segundo set, mas não foi párea para bater a Itália e voltar para a disputa. Após um longo tie-break, a Itália fechou 2 a 0 por 28 a 26. O terceiro set também teve as italianas na frente, e foi finalizado por 25 a 22.

continua após publicidade

A campanha das italianas é igual a das brasileiras, perdendo apenas para a Turquia (na estreia) e depois para a China. As duas seleções buscam o primeiro título na Liga das Nações. Nas três primeiras edições, os Estados Unidos venceram todas. O time feminino brasileiro brasileiro vem de dois vices, em 2019 e 2021 (em 2020 a competição foi cancelada devido à pandemia de Covid-19).

Atualmente, o Brasil ocupa o segundo lugar do ranking mundial. A Itália é a terceira e a Turquia está na quinta posição. Os Estados Unidos lideram, a China ocupa a quarta colocação e a Sérvia está em sexto. A final terá transmissão do SporTV 2.