MAIS LIDAS
VER TODOS

Esportes

Inglaterra supera a Suíça nos pênaltis e avança às semifinais da Eurocopa

A Inglaterra está nas semifinais da Eurocopa 2024. A atual vice-campeã continental levou a melhor na disputa de pênaltis após empate por 1 a 1 em jogo tenso com a Suíça, neste sábado, na Arena Dusseldorf. No tempo regulamentar, o gol dos ingleses foi marc

(via Agência Estado)

·
Escrito por (via Agência Estado)
Publicado em 06.07.2024, 15:58:00 Editado em 06.07.2024, 16:02:36
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

A Inglaterra está nas semifinais da Eurocopa 2024. A atual vice-campeã continental levou a melhor na disputa de pênaltis após empate por 1 a 1 em jogo tenso com a Suíça, neste sábado, na Arena Dusseldorf. No tempo regulamentar, o gol dos ingleses foi marcado por Saka, enquanto Embolo balançou as redes para os suíços. Nas penalidades, Pickford defendeu a cobrança de Akanji e os ingleses venceram por 5 a 3. Agora, a seleção decide uma vaga na final contra Holanda ou Turquia na quarta-feira, em Dortmund, às 16h.

continua após publicidade

Do outro lado da chave, as semifinais já estão definidas. A Espanha venceu a anfitriã Alemanha em um jogo emocionante, marcando no último minuto da prorrogação, e vai pegar a França, que eliminou Portugal de Cristiano Ronaldo nas penalidades. As duas seleções disputam uma vaga na final na terça-feira, às 16, em Munique.

Criticado pela falta de volúpia da seleção inglesa, que por pouco não deu adeus nas oitavas de final, o técnico Gareth Southgate apostou em um esquema com três zagueiros, alas ofensivos, e as joias Foden e Bellingham jogando mais próximas do artilheiro Harry Kane. Diferentemente de outras partidas nesta edição da Eurocopa, a Inglaterra conseguiu impor uma pressão desde os minutos iniciais, empurrando os suíços para a defesa e jogando boa parte da etapa inicial no campo adversário.

continua após publicidade

A pressão inglesa obrigou o adversário a ser ainda mais exemplar na marcação. O clichê do "ferrolho" suíço foi colocado à prova, e o goleiro Sommer praticamente não teve trabalho no primeiro tempo. Assim como o arqueiro inglês Pickford. Isso porque os suíços encontraram dificuldade em ter a posse de bola. Quando trocavam passes, a falta de um centroavante de referência atrapalhou.

As poucas emoções da etapa inicial foram refletidas nos números. Das cinco finalizações da Inglaterra, três foram no gol, mas sem perigo. Já a Suíça, na única finalização que teve, acabou bloqueada pela defesa adversária. No último minuto, Xhaka travou chute de Mainoo perto da pequena área e evitou o que poderia ser o primeiro gol da partida.

A Suíça voltou do intervalo mais insinuante, conseguindo encaixar lances de ataque e esboçando uma pressão nos primeiros 15 minutos. O atacante Embolo teve boa oportunidade próximo da pequena área, mas finalizou fraco. A Inglaterra não se encontrou e começou a ver os suíços trocando passes. A atual vice-campeã da Euro também não conseguiu montar um contra-ataques sequer, se limitando a cruzar bolas na área a esmo.

continua após publicidade

Jgando mal, a Inglaterra viu a conta chegar aos 29 minutos. Em boa jogada coletiva, Schär deu ótimo passe para Ndoye cruzar rasteiro na linha de fundo. A bola chegou até Embolo, que completou para o fundo das redes. Após o gol, uma cena curiosa: Southgate acionou o banco de reservas, mas o camisa 10 Bellingham se recusou a sair e continuou em campo. Os ingleses se lançaram ao ataque e, aos 34, Bukayo Saka marcou um golaço em grande lance individual. Com a igualdade no placar, as seleções começaram a atuar na margem do erro zero e o confronto foi para a prorrogação.

O frenesi dos minutos finais desapareceram na prorrogação. O tempo extra foi de muita cautela entre as seleções. A Suíça optou por marcar a Inglaterra no campo de ataque para evitar lances de perigo. Os ingleses encontraram as melhores chances em finalizações de Rice, obrigando o goleiro Sommer a fazer grande defesa em chute de longa distância, e Bellingham, em batida colocada na entrada da área.

O segundo tempo da prorrogação foi de muita tensão. A Inglaterra se desconectou do jogo nos minutos derradeiros, deixando espaço e quase foi castigada com um gol olímpico do veterano Shaqiri. Antes do apito final, Pickford ainda fez grande defesa em chute cruzado de Amdouni.

Na disputa na marca da cal, o goleiro Pickford brilhou e pegou a cobrança do zagueiro Manuel Akanji. Na sequência, todos os cobradores converteram suas batidas, e a Inglaterra venceu por 5 a 3.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Esportes

    Deixe seu comentário sobre: "Inglaterra supera a Suíça nos pênaltis e avança às semifinais da Eurocopa"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!