Esportes

Handebol do Brasil fica perto da Olimpíada após sufoco e virada sobre o Chile

Da Redação ·

A seleção brasileira masculina de handebol está muito perto de classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão. Com enorme dose de sofrimento e defesas incríveis do goleiro Ferrugem, os brasileiros venceram de virada por 26 a 24 após uma pane ao longo do jogo e seis gols de desvantagem. Com o resultado, a vaga só escapa com uma derrota improvável da favorita Noruega diante da Coreia do Sul.

continua após publicidade

No último jogo do Pré-olímpico, a seleção brasileira mostrou nervosismo acima do habitual e não rendeu o esperado. Chegou a ficar seis gols atrás do placar diante dos chilenos, que abriram 14 a 8, e via a classificação escapar.

Foi uma primeira etapa muito ruim dos brasileiros e uma vantagem tranquila dos chilenos no marcador. No fim, o Brasil ainda conseguiu diminuir para 14 a 11. Após o intervalo, porém, a equipe voltou mais vibrante, com garra, e buscou o resultado positivo que parecia improvável.

continua após publicidade

O goleiro Ferrugem fazia milagres atrás de milagres, defendendo até tiro de sete metros, e o ataque resolvia na frente. A cada defesa - foram sete incríveis -, a vantagem ia caindo. No fim, o Brasil virou para 26 a 23. Ainda levou mais um gol, mas a comemoração foi de "classificação para Tóquio" com 26 a 24.

Após o encerramento do jogo, Ferrugem se ajoelhou e todos os companheiros correram para festejar com o herói brasileiro.

O artilheiro do Brasil foi Leo Dutra, autor de cinco gols, seguido de perto por João Silva, com quatro. Os chilenos dependerem praticamente o jogo todo da dupla Salinas e Feuchtmann, com 11 e 10 gols, respectivamente.