Esportes

Hamilton domina último treino livre e fica em 1º; Verstappen termina em 2º

Da Redação ·

O último treino livre desta temporada da Fórmula 1 terminou com uma vitória dominante de Lewis Hamilton neste sábado, em Abu Dabi, onde será disputado o GP de encerramento. O britânico da Mercedes garantiu a melhor volta com o tempo de 1m23s274 e uma vantagem de 0s214 sobre Max Verstappen, seu grande rival na briga pelo título. Valtteri Bottas, parceiro de Hamilton, ficou em terceiro.

continua após publicidade

O tempo a ser batido foi estabelecido por Verstappen no início do treino, quando ele marcou 1m24s997. Não demorou, contudo, para que a história da disputa começasse a mudar, já que Hamilton, com pneus macios desde o início, conseguiu desafiar o tempo alcançado pelo holandês, que usava pneus médios. Assim, logo o heptacampeão assumiu a ponta e dominou a prova.

Bottas chegou a liderar com apenas 0s030 de diferença para o parceiro, mas a melhor volta veio para colocar Hamilton em primeiro mais uma vez, com 1m21s274. A partir daí, a Red Bull tentou fazer alguns ajustes para melhorar o desempenho de Verstappen, como a substituição da asa traseira.

continua após publicidade

A modificação na estrutura somada à adoção de pneus macios melhoraram o desempenho do holandês, mas não o suficiente para que ele conseguisse superar o rival da Mercedes. Com isso, teve que se contentar com o segundo lugar e algumas incertezas antes do derradeiro treino classificatório, marcado para as 10 horas deste sábado. O top 10 da apresentação livre teve ainda Sergio Perez, Lando Norris, Yuki Tsunoda, Pierre Gasly, Carlos Sainz, Daniel Ricciardo e Charles Leclerc.

Verstappen e Hamilton e estão empatados com 369.5 pontos na classificação da Fórmula 1, mas o piloto da Red Bull está na frente pois leva vantagem no número de vitórias, com nove contra oito do britânico.

Por isso, a expectativa é por uma corrida muito disputada a partir das 10 horas de domingo, no Yas Marina Circuit. Existe, inclusive, certo receio de que os dois pilotos se toquem na pista, já que o clima está pesado entre eles, após episódios polêmicos na Itália, em Interlagos e na Arábia Saudita.