Esportes

Hamilton diz que Mercedes ainda vencerá corrida nesta temporada da Fórmula 1

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Após dois pódios consecutivos na Fórmula 1, Lewis Hamilton voltou a acreditar na Mercedes. Com as esperanças renovadas, o piloto inglês afirmou nesta quinta-feira que a equipe tem condições de vencer nesta temporada, depois de superar momentos complicados nesta primeira metade do campeonato.

continua após publicidade

"Eu realmente acredito que podemos vencer uma corrida neste ano", declarou o heptacampeão, antes de lembrar das maiores dificuldades enfrentadas pela Mercedes no começo do ano. "Havia um longo caminho no início do ano. Eu realmente não estava certo de que poderíamos vencer com este carro. Claro que esse não é o tipo de coisa legal de pensar, mas havia a sensação de que 'Jesus, há um longo, longo caminho até alcançarmos os demais'".

Mas a situação parece ter começado a mudar nas últimas semanas. Hamilton subiu ao pódio nas duas últimas corridas, na Inglaterra e no Canadá. Ao todo, após dez corridas disputadas em 2022, a Mercedes soma agora seis pódios na temporada, com três para Hamilton e três para George Russell.

continua após publicidade

"Tivemos essa última corrida, na verdade as últimas duas, nas quais pareceremos mais fortes e isso nos encorajou sobre estarmos indo na direção correta. Acredito que, com um pouco mais de esforço e de trabalho duro, nós podermos ter uma boa chance de vencer uma corrida", comentou.

Dono dos principais recordes da F-1, Hamilton venceu ao menos uma corrida em cada uma das 15 temporadas em que compete na categoria. Se obtiver uma vitória neste ano, vai alcançar novo recorde e superar mais uma vez o alemão Michael Schumacher nas estatísticas.

A missão do momento é ir bem no GP da Áustria, que não costuma favorecer a Mercedes. "Nós sempre temos um pouco de dificuldade na Áustria, então será difícil vencer aqui, sabendo das combinações de curvas que teremos pela frente. Mas não será impossível. Estou esperançoso e o melhor que podemos fazer é chegar ao GP positivo para crescer a partir daí", declarou Hamilton.