Esportes

Hamilton admite que será difícil bater a Red Bull, mas ressalta: 'Não acabou'

Da Redação ·

Depois da vitória do holandês Max Verstappen, da Red Bull, no GP de Mônaco, no último final de semana, o britânico Lewis Hamilton viu que a briga pelos troféus está mesmo acirrada nesta temporada e que ele terá trabalho se quiser voltar a dominar as pistas, e o pódio da Fórmula 1, com a Mercedes. O heptacampeão mundial admitiu que vai ter que se empenhar bastante para superar a rival na busca pelo oitavo título da categoria.

continua após publicidade

Depois de ficar na sétima posição no GP de Mônaco, o piloto da Mercedes foi ultrapassado por Verstappen na liderança do Mundial de 2021. Após cinco provas, o holandês tem quatro pontos de vantagem sobre Hamilton (105 a 101). Os dois estão muito à frente do britânico Lando Norris, da McLaren, terceiro colocado com 56. Com isso, o britânico vê um páreo duro com o rival da Red Bull.

"Vai ser difícil, eles têm um carro vencedor do campeonato e serão muito difíceis de derrotar. Eu tenho falado sério sobre isso o ano todo. Ainda não acabou, há um longo, longo caminho a percorrer. Estou grato por termos terminado e conseguido alguns pontos e a volta mais rápida. Cada ponto que você consegue em um fim de semana ruim como este pode contar para algo no final", disse Hamilton.

continua após publicidade

Já na disputa do Mundial de Construtores, o GP de Mônaco foi bem ruim para a Mercedes, que viu a Red Bull tirar uma grande diferença e ficar um ponto à frente na liderança da temporada, com 149. No entanto, Hamilton acredita que a equipe pode retomar o primeiro lugar.

"Mostramos muitas vezes que podemos nos recuperar deste tipo de fim de semana. Portanto, não sou o mais preocupado. Temos uma discussão muito aberta, aberta e honesta. A razão de termos todos esses campeonatos é que cometemos muitos erros, mas sempre voltamos mais fortes e aprendemos com eles. Muitas vezes sou grato por dias como este porque você aprende mais. Se você está ganhando o tempo todo, aprende menos e há muito o que aprender neste final de semana. Não temos todas as respostas, mas isso nos obrigará a procurá-las", contou.

Assim como aconteceu em Mônaco, a sexta etapa da temporada 2021 será novamente em um circuito de rua. O GP do Azerbaijão, na capital Baku, será realizado no próximo dia 6.